Menu Fechar

José Soares: “Para já, e para se trabalhar melhor, é necessário dar mais competências às freguesias. Depois, venha, então, a Regionalização… que é bem precisa!”

José Soares é responsável pelo pelouro da Educação, Cultura e Lazer da Junta de Freguesia do Bonfim (Porto), tendo sido eleito, em 2013, na lista (vencedora) da candidatura independente criada e liderada por Rui Moreira.

Em coligação com o PS, tal como acontece na Câmara Municipal do Porto, no Bonfim – uma das mais populares freguesias da Invicta (cerca de 24 mil habitantes), o executivo tem, no entender do nosso convidado “funcionado bem”, sendo de realçar o dinamismo do pelouro do qual é responsável e que, recentemente, deu “nas vistas” com a realização do “Bonfim-Cultura em Movimento”, que envolveu um leque considerável de coletividades e instituições da freguesia.

jose soares - 01

jose soares - 02

José Soares, 52 anos, abraçou cedo as lides autárquicas bonfinenses, estando, de início ligado ao PSD, partido do qual se viria a afastar. Há cerca de trinta anos fez, pela primeira vez, parte de um executivo (liderado por Reis Almada), voltando a assumir funções numa equipa governativa, desta feita com a presidência de José Lachado – executivo formado por elementos do PSD e da CDU. Agora, na equipa liderada pelo independente José Manuel Carvalho, Soares tem feito – e a opinião é pública e do público – um bom trabalho.

jose soares - 03

jose soares - 04

Homem ligado ao desporto local, assim como ao lazer e ao ensino, José Soares diz que olha para trás e diz gostar do que vê falando, naturalmente do trabalho por si desenvolvido nos últimos dois anos – meio do mandato -, mas também da equipa de que faz parte, não colocando de parte a hipótese, se for convidado, de recandidatar-se nas listas de Rui Moreira às eleições de 2017 para a Junta de Freguesia do Bonfim.

Entretanto, Soares tem importantes projetos a desenvolver, isto numa freguesia com cerca de dez estabelecimentos de ensino (privados e públicos) – que vão das escolas básicas a uma universidade (Belas-Artes) -, e ainda mais de vinte coletividades e outras instituições de relevo na cidade e até mesmo a nível nacional.

jose soares - 05

Trabalhador, criativo, sem papas na língua, e sempre muito recetivo a propostas/projetos apresentados por jovens, o nosso convidado esteve também na luta – apoiada pelo nosso jornal – para que o Bonfim não fizesse parte de qualquer união de freguesias e mantivesse, como acabou por manter, as suas “fronteiras” intocáveis e, assim sendo, a sua própria identidade.

Eis, então, José Soares, um regionalista convicto que defende, entretanto, mais competências para as autarquias – designadamente as juntas de freguesia – na primeira pessoa do singular…

 

Texto: José Gonçalves

Videogravação e fotos: Pedro N. Silva

Gravação (17out15)

Edição: 01nov15

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.