Menu Fechar

Crises de crescimento

O Etc e Tal jornal”, que se prepara para, em janeiro, comemorar o seu nono ano de existência, vive, de momento, uma crise de crescimento, que, do ponto de vista, meramente, teórico, corresponde a um evoluir do projeto, sem que o projeto tenha, entretanto, consolidado as suas estruturas.

Na realidade, o crescimento do jornal, em termos de audiência, foi mais rápido que aquilo que pensávamos e, como tal, fomos apanhados como que desprevenidos quanto a respostas a dar na hora, a determinadas exigências.

Estas são das tais crises que são bem-vindas desde que se estude e encontre, no mais curto espaço de tempo possível, soluções para as colmatar. E é o que estamos, desde já, a fazer.

Acresce ainda o facto de termos uma equipa formada por voluntários e que nem sempre podem – por questões ligadas à sua vida pessoal ou profissional – estarem prontos a dar a sua resposta a trabalhos de reportagem (de agenda e não só) ou até mesmo aos ligados às suas próprias colunas. Falta-nos, assim – e em boa verdade – mais pessoas para colaborar connosco, situação que, contudo, está em vias de acordo/parceria com algumas instituições de ensino da cidade do Porto.

Por estas e por outras razões, é natural que muita gente ligada a instituições e diversos organismos tenha estranhado a nossa ausência em algumas iniciativas, situação que deu aso a alguém augurar o desaparecimento deste jornal e outras coisas, mais ou menos fatídicas, ligadas ao mesmo.

Nada disso!

O jornal está bem, tem agora é que subir mais uns degraus e encontrar uma firme e funcional estrutura para dar os passos que as circunstâncias exigem, isto sem – como poucos o desejam – qualquer trambolhão pelo meio.

Mas, também se isso acontecesse, o tombo era pequeno, e depressa nos ergueríamos, prontos a, uma vez mais, “galgar” patamares.

Esclarecendo assim os nossos leitores sobre a atual situação do jornal – porque nada temos, como nada tivemos nem teremos, a esconder -, podem continuar a contar com um “Etc e Tal” ativo e cada vez mais forte; força essa que será visível dentro de alguns meses.

A verdade dos factos, a independência, o rigor informativo… tudo aquilo que nos caracteriza e que faz de nós um projeto diferente, terá assim uma renovada vida, sempre com esses princípios a nortearem um caminho que se vai fazendo numa verdadeira maratona sem meta.

A todos os leitores que recentemente se fidelizaram ao projeto, o nosso “muito obrigado”, e a todos os outros que de quando em vez nos visitam, o desejo que o nosso produto lhes esteja a agradar de modo a continuarem, por mais vezes, a visitar-lendo este que é o “Etc e Tal” de todos nós.

O Diretor

José Gonçalves

01nov18

 

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.