Menu Fechar

Portugueses tencionam gastar, em média, 1350€ nas férias de Verão

O Observador Férias 2019 voltou a questionar os portugueses sobre as suas intenções de consumo para o período de férias entre os meses de julho e setembro. Em média, os gastos deste ano dos portugueses rondam os 1350€. Mas para os que tencionam usufruir das férias no estrangeiro, o valor deverá ultrapassar os 1900€

O Verão é o momento pelo qual a maior parte dos portugueses anseia durante o ano. Seja pela pausa no trabalho ou nos estudos, este é o período de excelência escolhido para descansar e passar mais tempo com a família e os amigos. Por isso, o Observador Cetelem Férias voltou a inquirir os portugueses para conhecer melhor as suas intenções de consumo para este período.

De acordo com os dados recolhidos, os portugueses com períodos de descanso entre julho e setembro tencionam gastar, em média, 1350€. Contudo, este valor varia consoante o destino. Para os que aproveitam para ficar em casa, o valor despendido deve rondar os 538€; já para os que decidem “ir de férias cá dentro” os gastos rondam os 1142€. Os inquiridos que vão aproveitar o merecido descanso no estrangeiro são os que planeiam gastar mais, cerca de 1903€.

Numa análise detalhada ao perfil dos inquiridos, é possível concluir que os portugueses com férias neste período, e idades compreendidas entre os 35 e os 44 anos, são os que indicam vir a ter gastos mais elevados, em média 1615€.

Quanto custam os diferentes programas de férias?

Quarenta e sete por cento dos que vão estar de férias no verão indicam que terão despesas relacionadas com deslocação, sendo a média de 291€. Pouco mais de um terço dos inquiridos (35%) vão optar pelo regime de tudo incluído, gastando em média 2 mil euros.

Já 23% vão optar por estadias só com dormida ou dormida e pequeno-almoço, gastando em média 588€ com a estadia. Apenas 5% optam por estadias de meia pensão ou pensão completa, gastando em média 929€.

Para as atividades de lazer, 24% pretendem gastar 189€; e para compras e presentes 22% prevê gastar 166€. Os residentes na zona Norte, são os inquiridos com despesas mais elevadas em refeições, viagens, estadias, compras e presentes. Os consumidores da zona Centro são os que terão os gastos mais elevados com viagens com tudo incluído (2473€) enquanto na região Sul se destacam as atividades de lazer (179€) face a outras zonas do país.

Texto: Cetelem / EeTj

Foto: pesquisa Google

01ago19

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.