Menu Fechar

Ciclismo – MÚSICA, MUITA FESTA E DIVERSÃO CELEBRARAM O ÚLTIMO DIA DA “VOLTA A PORTUGAL” NA PORTUENSE AVENIDA DOS ALIADOS

Um autêntico mini São João nos Aliados consagrou, ao final da tarde do passado dia 11 de agosto, a vitória do portista João Rodrigues na Volta a Portugal em Bicicleta. Milhares de pessoas na Avenida e nas ruas confluentes e outras tantas ao longo do percurso da última etapa fizeram a festa que marcou o regresso da prova à cidade do Porto.

Trinta anos depois de o célebre Joaquim Gomes aqui ter confirmado o primeiro triunfo na Volta, o ex-atleta – que então contava apenas 23 anos – regressou também ao Porto, mas na qualidade de diretor da corrida que os portuenses voltaram a receber em grande celebração. Antes mesmo de começarem a chegar os ciclistas, havia de tudo um pouco para fazer à volta dos Aliados, fosse admirar bicicletas de desporto ou camiões de apoio às equipas, competir pelas t-shirts e outros brindes que os patrocinadores iam distribuindo, brincar nos insufláveis para os mais novos ou simplesmente entrando no ambiente festivo a que a música dava o ritmo.

Desde o Canidelo até aos Aliados, onde estava a meta, os corredores deram o tudo por tudo nos derradeiros 19,5 quilómetros dos 1533 que fizeram ao longo da prova iniciada em Viseu, pois hoje estava em jogo a vitória renhida já que, à partida para este último contrarrelógio, apenas 41 centésimos de segundo separavam o camisola amarela Jóni Brandão (Efapel) e João Rodrigues (W52-FC Porto).

Pouco antes das 15 horas, os corredores começaram a partir e a enfrentar íngremes subidas e descidas superadas em Gaia e no Porto, tendo passado por lugares emblemáticos como a Ribeira ou os Clérigos até cortarem a meta nos Aliados. E o que aí chegou em menor tempo acabou por ser João Rodrigues, que completou a etapa em 27,31 minutos, menos 15 segundos do que o seu colega de equipa António Carvalho e menos 27 do que Jóni Brandão.

Na geral, João Rodrigues, de 24 anos, terminou com 27 segundos de avanço sobre Jóni Brandão e 1,08 minutos sobre o espanhol Gustavo Veloso (também W52-FC Porto), que tinha sido campeão em 2014 e 2015.

Ao sagrar-se vencedor da 81.ª Volta a Portugal Santander em Bicicleta, João Rodrigues sucede no historial da prova ao espanhol e companheiro de equipa Raúl Alarcón, que falhou a Volta por lesão, três anos depois do mais recente português a vencer a prova, o também Dragão azul e branco Rui Vinhas.

Por sua vez, o FC Porto assegura com este resultado a quarta vitória consecutiva por equipas na Volta a Portugal.

Texto e fotos: Porto. / EeTj

01set19

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.