Menu Fechar

Couve com salsichas

Agora que acabaram as férias, vamos também acabar com todos os desmandos alimentares, que tão bem nos souberam nos dias quentes e despreocupados de verão, vamos tratar de uma alimentação mais cuidada.

Vamos puxar os legumes para o nosso prato. Sei, que quem não teve o hábito de comer verduras e legumes na infância ainda pode fazer cara feia para a salada e todos os outros legumes, mas, repare na beleza e colorido de um prato que leva legumes. Nas primeiras vezes, vai estranhar o gosto, mas não desista, o paladar também se educa, dê-lhe a oportunidade de aprender a gostar de sabores diferentes, comece devagarinho, entre outras coisas o seu intestino agradece, o seu humor melhora e todo o seu corpo fica mais feliz.

Na nossa alimentação, por vezes abusamos de alimentos muito açucarados e com muita gordura, que por vezes, nem nos apercebemos das quantidades, e que nos viciam. Cuidado com os industrializados que contêm grandes quantidades de Sódio e outras substâncias que só prejudicam a nossa saúde. Esses alimentos refinados ativam uma área do cérebro que nos transmite satisfação, prazer, e nos viciam em comer mais e mais, e continuamos sempre com vontade de comer.

Com as saladas e legumes passa-se exatamente o contrário. Como saciam comemos menos quantidades. Lentamente, deixamos de comer alimentos prejudiciais à saúde. O interessante é que o seu paladar se vai desabituando e substitui por outros sabores novos. Quanto menos açúcar deitar no seu café, chegará a um ponto que até pode deixar de o colocar; nunca faça de repente o organismo não ia aceitar, Em um mês já adquiriu outros hábitos, e perceberá a redução daquelas gordurinhas que estavam a mais, se foram, pois deixou de ingerir calorias nocivas para a saúde, e acaba por se sentir com mais vigor.

Bem, hoje estamos nas couves!

Os legumes, verduras e saladas, devem estar presentes diariamente nas refeições. Os seus nutrientes são muito ricos e diversos e constituem o alimento que o nosso corpo necessita; fortalecem os ossos, pois contêm mais cálcio e magnésio que o leite. A couve é depósito extraordinário de iodo, devendo ser consumida diariamente por quem tem bócio ou papeira, esta doença originalmente é consequência da deficiente ingestão deste mineral. A couve é pobre em calorias, rica em fibras, excelente para dietas, pois ajuda a diminuir o apetite.

A couve é uma verdura muito rica nos minerais (cálcio, ferro e fósforo) vitamina A, complexo B e C, combate doenças cardiovasculares e possui ação antioxidante. É muito rica em ácido fólico, uma vitamina essencial para a formação dos fetos, pois ajuda no desenvolvimento da medula. Se está grávida fale com o seu médico, na quantidade de couve que deve comer diariamente.

A couve além de ser barata e fácil de encontrar, é gostosa e quase parece um remédio; ela também é anti-inflamatória e cicatrizante. Estimula o organismo a se livrar de substâncias cancerígenas e fortalece o sistema imunológico. Só benefícios.

Não desista!

Receita

Grau de dificuldade       fácil

Custo   económico

Tempo preparação        50 minutos

Tempo cozedura           40      “

Número de doses          4

Ingredientes

1 Couve lombarda

8 Salsichas frescas de porco

8 Fatias de bacon

100 gr. de bacon picado

1 Cebola grande

0,5 dl Azeite

5 (dentes) Alho

Noz-moscada

Pimenta preta

Sal

Preparação

Desmanche a couve lombarda em folhas, lave-as e retire os talhos mais grossos. Numa panela ponha água a ferver e escalde as folhas por 3 minutos e retire. Coloque-as num passador para escorrer a água.

Com um palito pique as salsichas e escalde-as por 5 minutos, na mesma água em que escaldou a couve. Deixe-a rijinha. Retire,

Nota: Quando arrefecer retire a pele, Só se gostar mais! Facultativo

Certamente já arrefeceram as folhas de couve, separe as grandes das pequenas e numa tábua de cozinha espalme duas folhas das grandes, (como gosto muito de couve costumo juntar-lhe mais três das mais pequenas) coloque o bacon e a salsicha e enrole tudo muito bem. Coloque palitos para fechar (ou guita de cozinha).

Para um tacho largo, pique a cebola e os alhos, finamente, junte o azeite e o bacon picado, deixe alourar ligeiramente. Introduza os rolinhos de couve e tempere com a noz-moscada, o sal e a pimenta. Junte 4 colheres de (sopa) do caldo em que ferveram as couves. Tape bem o tacho e deixe estufar em lume brando, por cerca de 40 minutos +/-.

Atenção: Não ande sempre a abrir e fechar o tacho.

Espete um palito para ver se as couves estão cozidas, é que umas são um pouco mais duras que outras.

Coloque os rolinhos numa travessa e deite um pouco do molho de estufar por cima.

Para acompanhar, sirva com arroz branco, que é mais saudável.

Bom Apetite!

 

Fotos: pesquisa Google

01out19

 

 

 

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.