Menu Fechar

Excursões “Etc e Tal” 2019 (I) – MAIS UM ANO À (RE)DESCOBERTA DE NOVAS PARAGENS, SABORES, CULTURAS E AMIZADES…

Nesta edição do “Etc e Tal jornal” publicamos o resumo das três primeiras excursões do ano, e no número de aniversário (além de relembrarmos os passeios que hoje relevamos) publicaremos, em estilo de resenha, os restantes passeios realizados em 2019…

O ano que está prestes a findar, e que em termos práticos já terminou para a organização de excursões por parte do “Etc e Tal jornal”, reuniu, por sete vezes, os companheiros e companheiras de viagens, equipa que contou com algumas caras novas. Concluímos, assim, o quinto ano de excursões, com um total global de 38 passeios.

E se, em 2020, vamos começar a 15 de março, com uma excursão à aldeia de Provesende (Alto Douro Vinhateiro) – que estava agendada para o passado dia 17 de novembro, mas que devido ao número reduzido de inscritos teve de ser adiada -, também no ano passado foi nesse mês primaveril que iniciamos as nossas jornadas à (re)descoberta do nosso País e da vizinha Galiza….

PONTEVEDRA (17 de março 2019)

O primeiro passeio do ano, e 31.º no global da organização, foi, precisamente a uma bela cidade galega: Pontevedra.

O “Etc e Tal jornal” já lá tinha estado em reportagem especial, todavia, decidiu partilhar os encantos desta milenar urbe, com 51 pessoas, ou seja, todas as que participaram no passeio, transportadas por uma viatura da MGC. Esta foi a excursão que contou com maior número de passageiros, em 2019, entre os quais, alguns jovens e outras pessoas que, pela primeira vez, aderiram à nossa organização.

No restaurante Taberna dos Avós (que, desde já recomendamos) foram servidas verdadeiras delícias das Rias Baixas galegas, e do mar, não muito distante, que as abraça.

Fotos: Fernando Neto

MIRANDELA (25 de abril 2019)

jg

Foi a segunda visita à princesa do Tua. E por quê? Por causa do “Loureiro”.

Do Loureiro? Sim, do restaurante. Mas, em boa verdade, a razão que nos levou, pela segunda vez em cinco anos, ao nordeste transmontano, foi (re)visitar esta sempre linda cidade.

jg

Os vinte e oito companheiro(a)s de viagem, em dia de festejo da Revolução dos Cravos, não tiveram muita sorte com o tempo, que decidiu fazer jus ao ditado: abril… águas mil.

E se não foram “mil” foram quase, facto que, contudo, não desanimou quem se deslocou a Mirandela, e transportados, pela primeira vez, numa excelente viatura da “Transviagens”, conduzida pelo Daniel Gonçalves.

Mas foi, realmente, a gastronomia, nestas “quentes terras” que centrou as atenções e apetites, e, principalmente, a tradicional posta, ou a alheira, que são cartazes da região. E no “Loureiro”, a coisa, parece que não, mas tem sempre outro sabor…

Fotos: Luís Navarro 

COSTA DE PRATA (10 de junho – 33.º passeio) – 5.º aniversário de excursões

Dia de festa, não só pelo facto de o ser de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, mas também por comemorarmos cinco anos de excursões organizadas por este jornal.

E a festa foi, felizmente, brindada com um bonito dia de sol, que “abraçou” também as 32 pessoas que fizeram parte da excursão, entre as quais alguns estreantes.

Capela da Vista Alegre

Uma vez mais transportados numa viatura da “Transviagens”, este acabou por ser o que registou maior número de paragens, e uma, a última na Anadia – para o leitão, que acabou por não ser servido, devido à greve dos veterinários – que demorou a encontrar. Fizemos, então, paragens em Esmoriz (praia), Murtosa, Aveiro (visita e almoço livre), Costa Nova, Ílhavo, Vagos, Mira e Anadia.

Destaque para a visita feita ao Museu da Vista Alegre, e para as lindas paisagens que sempre proporciona a Ria de Aveiro, assim como toda a região da Costa de Prata.

Fotos: jotaguê 

 

Texto: José Gonçalves

01dez19

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.