Menu Fechar

APROVADO FUNDO MUNICIPAL DE 525 MIL EUROS PARA LOJAS E ENTIDADES RECONHECIDAS PELO “PORTO DE TRADIÇÃO”

O fundo municipal criado para apoiar os estabelecimentos e entidades reconhecidas ao abrigo do Porto de Tradição vai abranger, nesta primeira edição, 28 casos a proteger pelo Município. O investimento total é de 525 mil euros e foi aprovado por unanimidade, na reunião, de 23 de dezembro último, do Executivo Municipal.

Confeitaria do Bolhão, Confeitaria Serrana, Casa Crocodilo, Pinguim Café, Armazém dos Linhos, Barbearia Tinoco e Orfeão do Porto são apenas alguns exemplos entre as lojas e entidades que apresentaram as candidaturas ao Fundo Municipal, instituído no âmbito do programa Porto de Tradição, e que as viram concluídas com sucesso.

Como sustenta a proposta do vereador da Economia, Turismo e Comércio, Ricardo Valente, “não raras vezes, a disponibilidade financeira dos proprietários destes estabelecimentos e entidades não permite a recuperação, o restauro e/ou a manutenção do património que se pretende salvaguardado”. Pela mesma razão, continua, “o investimento em meios e ferramentas de modernização, divulgação e promoção do seu estabelecimento ficam para segundo plano, o que implica menor capacidade de garantir a sustentabilidade do negócio”.

É precisamente nesse campo que o apoio da Câmara do Porto pretende atuar, sendo mesmo providencial para que os estabelecimentos e entidades possam investir na recuperação do espaço físico dos imóveis, preservando as características que lhes permitiram obter o reconhecimento, mas também intervindo sobre a potenciação do negócio, ao nível da sua divulgação e promoção.

Nesta primeira edição, foram rececionadas 36 candidaturas (34 de estabelecimentos comerciais e de duas entidades reconhecidas). Todas elas, foram alvo de uma análise por parte de um júri, que decidiu sobre a sua efetiva elegibilidade. Aferida essa elegibilidade, determinou-se o valor das verbas a atribuir por cada uma lojas e entidades, a partir do valor solicitado pelos candidatos, devidamente fundamentado.

Recorde-se que os estabelecimentos comerciais e entidades reconhecidas continuam a desempenhar uma função relevante, pois são espaços privilegiados de dinamização do tecido comercial, social, cultural e desportivo, contribuindo para a coesão da cidade nas suas diversas dimensões.

Desde a instituição do programa Porto de Tradição, em 2016, o Município do Porto já reconheceu 81 estabelecimentos comerciais, incluindo duas entidades (Teatro Sá da Bandeira e Orfeão do Porto).

Texto: Porto. / EeTj

Foto: pesquisa Google

01jan20

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.