Menu Fechar

Matosinhos: Câmara apoia o RESTAURO das IMAGENS da igreja do Senhor de Matosinhos

A Câmara Municipal de Matosinhos e a Fábrica da Igreja Paroquial de Matosinhos assinaram, no passado dia 15 de abril, o protocolo que concretiza o apoio da autarquia ao restauro das quatro esculturas religiosas que ladeiam a imagem do Senhor de Matosinhos. O protocolo, que foi assinado na Igreja do Bom Jesus de Matosinhos, prevê a atribuição de um apoio pecuniário de 50 mil euros por parte da câmara, o qual permitirá proceder também à pintura das fachadas da igreja e à criação de acessos para cidadãos com mobilidade reduzida.

As quatro esculturas que ladeiam o Senhor de Matosinhos – representando Nicodemus, José de Arimateia, a Virgem Maria e S. João Evangelista – encontravam-se em avançado estado de degradação e a operação de restauro teve já início, pelo que os trabalhos respetivos, coordenados por Alexandre Maniès, serão visitados pelo presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Guilherme Pinto.

De origem renascentista, a Igreja do Bom Jesus de Matosinhos conta com profundas alterações barrocas, nomeadamente na sua fachada principal, da autoria do arquiteto italiano Nicolau Nasoni. A imagem do Senhor de Matosinhos está na origem daquela que é uma das maiores romarias portuguesas e de um culto que se espalhou por outros países, existindo réplicas importantes no Brasil. A Câmara Municipal de Matosinhos tem vindo, por isso, a colaborar financeiramente com a Paróquia de Matosinhos, tendo apoiado as profundas obras de conservação que o histórico templo sofreu em 1995, o restauro da imagem do Bom Jesus, em 2011, e a produção de uma réplica da escultura, em 2008.

A aposta da Câmara Municipal de Matosinhos na valorização e preservação do património artístico tem sido, refira-se, uma constante ao longo dos últimos anos. Ainda recentemente a autarquia promoveu o restauro de duas dezenas de obras de arte da sua coleção, de artistas como António Carneiro, Francisco José Resende, Joaquim Lopes, Carlos Carneiro, João Martins da Costa, Irene Vilar e Guilherme Thedim.

Do conjunto de peças intervencionadas destacam-se a pintura “Ecce-Homo”, de António Carneiro, a “Máscara de Florbela Espanca”, de Irene Vilar, e a escultura do “Mártir João Gabriel Perboire”, do escultor Guilherme Thedim. As obras estão atualmente patentes no Museu da Quinta de Santiago, na Biblioteca Municipal Florbela Espanca e na Sala-Museu Guilherme Ferreira Thedim.

MINISTRO DO AMBIENTE VISITOU CONCELHO E RECEBEU MEDALHA E TÍTULO DE CIDADÃO HONORÁRIO

joao pedro matos fernandes

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, deslocou-se no pretérito dia 29 de abril, a Matosinhos para visitar um conjunto de obras e projetos na área do Ambiente e da Regeneração Urbana que estão em curso no concelho. Entre as obras visitadas contou-se a ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Leça da Palmeira, um investimento que ascende aos 16 milhões de euros.

O ministro do Ambiente esteve ainda no edifício da antiga Real Vinícola, que está a ser integralmente reabilitado para acolher, entre outros equipamentos, a Casa da Arquitetura e as novas instalações da Orquestra Jazz de Matosinhos. Aí recebeu, numa breve cerimónia protocolar, a Medalha de Mérito Dourada e o título de Cidadão Honorário que lhe foram atribuídos pela Câmara Municipal de Matosinhos no âmbito das comemorações do 42.º aniversário do 25 de Abril.

Texto: Jorge Marmelo (CMM) / EeT

Fotos: Pesquisa Google

01mai16

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.