Menu Fechar

Girassóis

Mário Rocha

Ontem – 31.01.018, na Casa da Música, os Sunflowers atuaram num concerto de entrada livre que serviu de apresentação do seu segundo longa duração – Castle spell.

Definem-se como uma “injeção punk psicadélica de fuzz, feedbacks e teorias de aliens” e estão sempre prontos para causar o caos onde tocarem. É um grupo composto por Carolina Brandão – bateria e Carlos de Jesus – voz e guitarra e são do Porto.

sunflowers - banda

Apesar da tenra idade já passaram pela África do Sul onde tocaram numa série de concertos a convite da Psych Night & Vans South Africa tendo inclusive atuado no festival Cape Town Inner City Psych Fest. Já fizeram, juntamente com outra banda do género e amiga – 800 Gondomar – uma tour europeia onde passaram por Espanha, França, Itália, Alemanha e Holanda.

Lançaram no final de 2016 o primeiro LP. Chama-se “The Intergalatic Guide To Find The Red Cowboy” e agora no início deste mês de fevereiro vai sair o segundo – Castle Spell. O segundo single deste álbum tem o mesmo nome e sai a 9 de Fevereiro.

É uma banda claramente distinta na sua base musical. É uma banda de garage rock misturado com punk psicadélico. Apresentam-se em palco de uma forma natural e confiante e sabem perfeitamente quando acelerar. O próprio som não é nada de violento e pesado mas é extremamente ritmado. Assim qualquer que seja a pessoa, introvertida ou envergonhada, não sai ilesa de uma das bandas com mais futuro da cidade invicta.

Foto: pesquisa Google

01fev18

 

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.