Menu Fechar

“Estrambólico”

Carlos Sameiro

(texto e foto)

 

De facto a vida por vezes é um fenómeno raro, algo esquisito. A surrealidade comunga com o invulgar, seja a distorção do normal.A vida torna-se distorcida, é arte i(n)perfeita. É  perspectiva diferente do indiferente. Acredito que na diferença está o normal da indiferença. Por isso, a vida é um fenómeno esquisito dentro do requisito normal…

Arte em cantaria que faz parte do Jardim Municipal de Santo Tirso

 

 

01ago20

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.