Menu Fechar

Croquetes de Cogumelos e de Espinafres

Pouco se fala que podemos reforçar o sistema imunitário através da alimentação, agora mais que nunca é necessário fortalece-lo.

Com esta Pandemia de Covid 19, e a entrada do Inverno temos mais constipações e gripes, é importantíssimo reforçar o nosso sistema imunitário. Nenhum alimento ou suplemento alimentar vai ajudar no tratamento da doença, mas se o seu sistema imunitário for alto, uma boa hidratação, tem mais defesas, é como uma trincheira.
As boas práticas de higiene o distanciamento entre pessoas, o uso sempre de mascara de boa qualidade e usa-la bem, o lavar as mãos com sabão e usar desinfetantes, continuam a ser a melhor forma de prevenir a doença.

Recomenda-se a prática de uma alimentação saudável, para adquirir um sistema imunitário adequado, conheça os nutrientes aliados do sistema imunitário, de acordo com as orientações presentes na Roda dos Alimentos.

Uma alimentação mais saudável passa por:

Comer mais fruta e hortícolas: Nas suas refeições faça por a sopa de legumes estar sempre presente.

No mínimo coma 3 peças de fruta variada ao longo do dia. Fundamental beber pelo menos 1,5 de água por dia (+ – oito copos). Não use muita gordura nos seu cozinhados, lembre-se que pode fazer cozidos, grelhados, caldeiradas e estufados, e só de vez enquanto os fritos, os açúcares e o excesso de sal.

Podemos encontrar os antioxidantes e vitaminas na maioria dos frutos e legumes.

Laranja, limão e Kiwi

São frutos que contém doses elevadas de vitamina C, e que têm propriedades antioxidantes, ou seja, evitam a oxidação das células do sistema imunitário. Ao consumi-los, impedem a morte das células e permitem que o organismo esteja melhor preparado quando exposto aos agentes agressores.

Cogumelos

Os cogumelos são muito ricos em antioxidantes e selénio. Quando os níveis de selénio no organismo estão baixos, ficamos mais suscetíveis a problemas do aparelho respiratório tais como constipações e gripes. Além disso, os cogumelos também são ricos em vitaminas do complexo B, nomeadamente a niacina (B3) e riboflavina (B2) que fortalecem o sistema imunitário.

 Espinafres

Possuem folato, que participa na produção de novas células e na reparação do ADN. São ainda uma boa fonte de fibras, antioxidantes e vitamina C.

 Alho

Combate diretamente a Helicobacter pylori, uma bactéria associada à gastrite, úlceras e neoplasia do estômago. Além disso, possui na sua constituição bioquímica substâncias que estimulam a atividade celular do sistema imunitário.

Cebola

Possui diversos nutrientes,  é rica em fibras e vitaminas como tiamina (vitamina B1), riboflavina (vitamina B2), vitamina C. Ela conta ainda com alguns minerais como cálcio, ferro, fósforo, magnésio, potássio, sódio e selénio. A cebola auxilia no combate a diversas doenças, inflamação na garganta, reumatismo, febre, gripe e pneumonia e muitas outras…

Sementes de abóbora

Dica: Não deite fora as sementes de abobora, nunca, elas possuem zinco um mineral que atua e regula a função das células do sistema imunitário.… salpique com uma pitadinha de sal refinado e deixe-as a secar ao sol. São ótimas para fatiar e deitar nas saladas de alface, canónigos, tomate …….

 Amêndoas

As amêndoas são ricas em vitamina E e B3 (niacina). Estas duas vitaminas juntas fortalecem o sistema imunitário e ajudam a combater o stress.

Os antioxidantes mais comuns incluem as vitaminas C.

Existem muitos outros antioxidantes, de que havemos de falar, alguns dos quais produzidos pelo próprio organismo, como o glutatião, o ácido alfa-lipóico e a coenzima Q-10.

Dica: Não deite fora as cascas dos frutos e as cascas da cebola e dos alhos. Meta-as numa panela e deve ferver por 10 minutos. Quando arrefecer passe as pelo coador e tem um ótimo fertilizante para misturar com a agua da rega das plantas.

Hoje temos duas receitas de croquetes diferentes em que se podem ingerir cogumelos e espinafres.

Os croquetes são uma das soluções para aproveitar sobras, de tudo se fazem Croquetes têm sempre um sabor único e muito agradável. Podem ser servidos como prato principal acompanhados de uma bela salada verduras, junte um bocadinho de queijo de cabra fresco, ou outro fresco, ou uma rodela de ananás, ou maçã Golden fatiada, ou fazer deles uma simples entrada, num pratinho ao lado ponha bocadinhos de ananás, liga muito bem.

CROQUETES DE COGUMELOS

Grau de dificuldade      fácil

Custo     económico

Tempo preparação   45 minutos

Tempo cozedura     até alourar

Dá 15 peças

Foto- 04 

Nesta receita pode usar uma qualquer variedade de cogumelos comestíveis. Pode misturar ou optar por um único sabor, como boletus ou chantarella, cogumelos com muito gosto e personalidade.

Ingredientes

100 gr –  Cogumelos

1-  Cebola

4 – Dentes de Alho

30 gr.-  Farinha 55

70 gr. – Manteiga ou azeite

60 ml – leite

1 – Pitada de sal

1 – Pitada de pimenta do reino (ou outra)

1 – Pitada de tomilho

1 – Ovo

1 – Chávena de pão ralado

Preparação

Pique a cebola e os alhos finamente, e aloure-os na manteiga (ou azeite, também pode misturar) em calor baixo.

Adicione os cogumelos e cozinhe por 4 minutos ou mais, até suco se evaporar adicione o tomilho, o sal e a pimenta. Com a colher de pau pique os cogumelos um pouco.

Adicione a farinha e envolva muito bem. Deixe cozinhar um pouco coisa de 1 ou 2 minutos.

Adicione o leite e mexa até formar um creme que fique bem espesso.

Retire o creme do calor e coloque-o num prato, leve ao frigorífico por 30 minutos.

Passados os 30 minutos retire a pasta do frigorífico e dê forma aos croquetes ou em bolinhas (tamanho médio). Em seguida passe-os por ovo batido e pão ralado.
Finalmente frite-os em óleo em abundância até que fiquem dourados

Dica: O truque para obter um bom croquete, está em trabalhar bem a massa; quanto mais tempo se dedicar a esta etapa, mais cremoso e mais suave vai ficar (cerca de 15 minutos)

A massa está pronta quando, ao passar a colher, a massa despegar do fundo do tacho facilmente.

Sirva os croquetes, com uma tachinha ao lado com um molho do seu gosto.

A outra sugestão é a de …

CROQUETES DE ESPINAFRES

Grau de dificuldade      média

Custo        económico

Tempo preparação total   45 minutos

Tempo cozedura     até alourar

doses 4 – dá 30 peças

Ingredientes

500 gr.- Espinafres fresco

1-  Cebola grande

100 gr.- Manteiga

100 gr – farinha 55

1 l –  Leite

2 – Ovos

Pão ralado
Pimenta preta moída

Azeite de oliva e vegetal (para fritar)

Sal

100 gramas de presunto (opcional)

Preparação

Numa panela com pouca água junte o sal, quando começar a ferver introduza os espinafres, deixe cozer por 10 minutos, retire e num escorredouro deixe sair toda a agua.

Na tábua de madeira pique-os até ficarem bem miudinhos, reserve.

A seguir, pique a cebola também em pedaços muito fininhos e reserve.

Se tiver optado por acrescentar presunto à receita, este é o momento de cortar o presunto em pedaços muito pequenos para que se integrem ao preparado.

Junte a manteiga e um pouco de azeite na sertã, quando estiver quente junte a cebola e deixe alourar, depois adicione o presunto picado (opcional) e só depois a massa de espinafre. Tempere com sal e pimenta a gosto e salteie por 5 minutos.

Quando os ingredientes estiverem bem misturados junte a farinha e misture tudo muito bem, deixe cozinhar por uns 3 minutos sem deixar de mexer todos os ingredientes. A massa tem que ter consistência e bem ligada.

Só agora é deve juntar o leite, pouco a pouco, sem deixar de mexer. Suba para calor alto e continue a mexer para a massa ficar cremosa. Tenha cuidado para não deitar leite a mais, se aconteceu, acrescente um pouco mais de farinha. A massa deve ficar consistente para poder formar os croquetes, ou bolinhas.

Numa travessa estenda a massa, cubra com filme e leve ao frigorífico até endurecer.

Depois de os moldar e é só passar por ovo batido e pau ralado.

Quando estiverem prontos, é só escorrer do óleo em papel de cozinha absorvente para tirar o excesso de óleo. Pronto! Agora só resta saborear um prato delicioso e muito nutritivo.

Dica: Faça a massa de uma refeição para a outra, assim dá mais tempo de frio.

Quando for fritar os croquetes faça-o num tachinho com óleo abundante.

Frite poucos de cada vez.

 

Bom Apetite!

 

Carmen Navarro

(texto)

 

Fotos: Pesquisa Web

 

01jan21

 

 

 

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.