Menu Fechar

População de Sobrado (Valongo) tem vindo a ser atacada por insetos devido à presença de aterro na localidade, segundo revela e acusa a Associação Jornada Principal

A Associação Jornada Principal divulgou, recente e publicamente, várias imagens sobre dezenas de pessoas de Sobrado (Valongo) que tiveram de recorrer a serviços de saúde, devido a picadas de insetos, que surgem na localidade, isto, e de acordo com a referida associação, na sequência da presença do aterro lá existente.

De acordo com Marisol Marques, dirigente da referida associação, “com o calor que se tem feito sentir, e sempre nesta época de Verão, Sobrado é invadida por mosquitos e agora até por baratas. Dizem que tudo se deve à poluição do rio Ferreira, mas, a verdade, é que esse rio nasce em Paços de Ferreira e desagua em Gondomar, e só a população de Sobrado é que se queixa desta situação”.

A relação entre o aparecimento de insetos e o aterro sanitário existente em Sobrado, não acontece este ano pela primeira vez, já em 2020 se verificou situação do género, sem que até agora, as autoridades sanitárias tenham dado uma cabal resposta à população sobre os problemas que as afetam.

“Todos os dias recebemos queixas e imagens com pessoas picadas pelos insetos e que já tiveram de se deslocar ao hospital ou ao centro de saúde. Todas estão a ser medicadas ou com antibióticos ou corticoides “.

Ainda de acordo com a Marisol Marques, “nas últimas semanas multiplicaram-se os casos de picadas e as suas consequências, não podemos dissociar este problema das práticas do aterro de Sobrado. Lembramos que este está literalmente em cima da população”.

 

Texto: JG

Fotos: Associação Jornada Principal

 

01jul21

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.