Menu Fechar

A Pobreza e o Dinheiro

Humberto Martins

 

 

Como tentar resolver o problema da Pobreza e os baixos salários em Portugal? A saída é começar por esclarecer, que é uma injustiça alguém ganhar tão pouco e viver no nível de pobreza, porque implica passar fome, isso mostra que o limite foi atingido e que precisamos fazer alguma coisa e mudar a sociedade atual. Tal como está, não pode continuar!

Quando se chega ao nível máximo de desigualdade, alguma coisa acontece, algum evento disruptivo aparece, é só recordar a História passada de civilizações anteriores, uma guerra, um colapso de uma civilização, uma praga (não sei se o coronas vírus tem algo a ver), uma revolução… é só reler que está tudo lá. Devemos lutar e esperar que isso nunca aconteça, porque quando se chega a esse limite a dor é absurda e para toda a gente, ninguém escapa. Lutemos então todos por métodos pacíficos e acreditemos neles, mas para algo acontecer é preciso coragem e falar a linguagem do povo, para ele entender e os dominantes também.

Quando os ricos perceberem que a mensagem está a passar, eles cedem, pois não há mais nada a fazer da parte deles. Porque quando a mensagem começa a acontecer ela é contagiosa e a mobilização é espontânea.

A Pobreza deve ser falada diariamente, porque quando vejo um sem-abrigo deitado no chão doente, tossindo com fome e as pessoas passando e ninguém se importa, ninguém se sensibiliza! Então, perdemos o conceito de Nação. Já não existe mais grupo. Uma Nação para ser Nação, não pode ter excluídos, a indiferença destrói o ser Humano, aniquila os sentimentos do verdadeiro Ser, por isso devemos continuar lutando até ao fim dos nossos dias contra esta injustiça.

Um escritor Brasileiro escreveu um dia o seguinte: “Se não houver frutos, valeu a beleza das flores. Se não houver flores, valeu a sombra das folhas. Se não houver folhas, valeu a intenção da semente”. Com este lindo texto quero dizer que os que vivem na Pobreza podem contar com a minha intenção, pois serei a semente para eles, não posso prometer uma Sociedade melhor, porque para isso, preciso a intenção de Todos. Porque toda a gente devia entender o seguinte: tu não tens culpa! Mas és culpado disso acontecer!

É preciso aproximar-se dessas Pessoas que vivem o lado cruel das desigualdades, é preciso pegar um pedaço do sofrimento delas para vocês, a palavra compaixão vem disso mesmo, estar no lugar das Pessoas que sofrem, e dizer nos olhos delas, eu sei que você está sofrendo dá me um pedaço do seu fardo que eu carrego.

A compaixão não é exclusiva para os Animais (que também a merecem). Quando nós temos conhecimento dessa situação, nós ficamos sem opção, senão, não conseguimos colocar a cabeça no travesseiro quando à noite fomos dormir, pelo menos isso acontece comigo. Há uma frase de um grande filósofo, Sêneca, que diz assim: “Pobre não é aquele que tem pouco, mas sim aquele que precisa de muito” Devíamos de nunca esquecer e entender bem esta frase, porque é a realidade de hoje.

 

Foto: pesquisa Web

 

01ago21

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.