Menu Fechar

Petiscar Miminhos… ervas mágicas!

Começou o Verão, temperaturas a subir, apetece algo simples com variedade para se possa por na mesa para petiscar, onde a família e os amigos piquem aqui e ali. Tudo vai da sua imaginação. As saladas variadas não podem faltar. O pão, em doses pequenas, que pode ser em tostas pequeninas, em fatias ligeiramente torradas ou grissini. E os miminhos do costume.

Hoje, vamos falar um pouco dos privilégios das ervas aromáticas que só trazem benefícios para o paladar e para a saúde, pois com elas é possível reduzir o sal na preparação dos alimentos. Com o calor temos tendência para fazer retenção de líquidos e que a nossa tensão arterial seja mais alta o que afeta o funcionamento e provoca lesões no coração, vamos usar mais as ervas aromáticas em substituição do sal.

As ervas aromáticas são deliciosas e podem potencializar o sabor de qualquer receita, além de serem ricas em antioxidantes, vitaminas e minerais. Podemos plantar em vasos na janela da cozinha ou na varanda, também pode ir cortando à medida que vão crescendo, fazer raminhos e pôr a secar em local seco e escuro, para usar no inverno.

Sempre que possível utilize-as frescas.

A que nunca deve faltar na cozinha é o manjericão. É fácil cultivar. As folhinhas muito perfumadas são ótimas em saladas variadas, fazem um ótimo chá, ou como simples tempero. Uma sugestão é colocá-lo dentro da garrafa de azeite de oliva, para que seja utilizado com qualquer alimento.

Há séculos que o manjericão é conhecido e utilizado por diversas culturas, para diversos fins, sejam místicos, religiosos, medicinais ou culinários, isso porque possui características peculiares. Conheça essa erva maravilhosa!

O poder nutritivo e medicinal do manjericão é notável, dada a sua quantidade de vitaminas, minerais, e fito nutrientes. Contém químicos naturais, como o sabineno eugenol, cimeno, linalol, acetato de linalilo, e terpineol, compostos conhecidos por suas propriedades anti-inflamatórias e anti-bacterianas.

O manjericão possui vitaminas A, B, C, E e K, além de minerais como o cálcio, zinco, manganês, magnésio, ferro e potássio. É um excelente antibacteriano e auxilia ainda na saúde do coração. Por atuar como antioxidante, ajuda a controlar os níveis de colesterol e protege contra a ação dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce. Combate a acne, tem propriedades analgésicas, antissépticas e cicatrizantes.

Trabalha contra inflamações ósseo articulares. Ativa o sistema imunológico.

O chá de manjericão é um excelente remédio caseiro para má digestão, pois possui propriedades digestivas e calmantes que ajudam na digestão dos alimentos, e nas insónias. O chá de manjericão ainda ajuda nas dores de cabeça, aumenta a lactação, bronquite, doença das vias respiratórias, dor de garganta, febre, fraqueza, gases, gastrite, gripe, infeções intestinais, dos rins e do estômago, insónia, resfriado e tosse.

O chá de manjericão ainda pode ser usado em bochechos para combater aftas; em gargarejos para amidalite, faringite, e laringite, dá muito alivio.

PARA UMA CHÁVENA DE CHÁ

Ingredientes

10 – Folhas de manjericão

1 – Chávena  de água

Preparação

Colocar as folhas de manjericão num bule pequeno e deitar por cima a água a ferver, tape e abafe por aproximadamente 10 minutos. Depois coar, o chá está pronto para ser bebido.

Como vamos petiscar vou deixar algumas sugestões para além de todas as maravilhosas que já conhece:

Vamos começar pelas saladas:

As saladas são fundamentais na dieta de qualquer pessoa que se preocupa com a sua saúde, e acompanham qualquer alimento e ficam muito bem em qualquer petisqueira…

SALADA DE POTE DE VIDRO

Uma das vantagens é que esse tipo de salada dura até uma semana no frigorífico na hora de montar uma petisqueira  é um poupar de tempo, e mais, pode ser facilmente metida na lancheira para levar para trabalho.

O porquê de ser em vidro?… só lá as folhas se aguentam frescas  uma semana. Melhor ainda, é saber que dentro deste tipo de recipiente estará livre de componentes perigosos para a saúde.

1- Escolha frascos de vidro de boca larga que são bem mais fáceis de preencher e que a tampa enrosque bem.

2 – Aproveite o fim da tarde de domingo para montar as saladas de todos os dias da semana.

3 – Lave muito bem todos os ingredientes antes de colocá-los no frasco. No caso das folhas, lave-as e seque-as bem. O tomate cereja é o melhor, pois não larga líquido.

4 – Separe de uma vez só todos os ingredientes escolhidos.

5 – Faça diversos tipos de salada, para ser sempre novidade.

5 – Atenção: Não se esqueça de que o molho deve ser sempre colocado em primeiro lugar.

Algumas dicas para montar as saladas:

MOLHO DE VINAGRE DE LIMÃO

Ingredientes

1 – limão (sumo)

½ – chávena de azeite

4 – Alho (dentes) picados

Pimenta preta

Misture bem todos os ingredientes e pronto!

Se necessário, acrescente um pouco de água previamente fervida e fria.

MOLHO DE VINAGRE DE MAÇÃ

Ingredientes

½ – Chávena de vinagre de maçã

2 – Colheres de azeite extra virgem

Oréganos a gosto

Pimenta um pouco

Misture todos os ingredientes e pronto!

SALADA COM FEIJÃO BRANCO

Ingredientes

Alface

Rúcula

Feijão branco

Brócolos

Cenoura rapada

Milho

Azeite ou molho vinagre com duas folhas de manjericão.

Preparação

Coloque o molho sempre primeiro, junte o feijão branco, os brócolos, a cenoura o milho, a rúcula e a alface.

E está pronta!

A sua imaginação que é fértil, faz o resto…

Vou só lembrar que pode usar para variar as saladas os seguintes alimentos: Camarão cozido, queijo Mozzarela, grão-de-bico, atum, frango desfiado, amêndoas torradas. quinoa germinada (branca, preta ou vermelha. A branca tem um sabor mais suave. Quando for comprar certifique- se   que é de origem portuguesa.) Pode usar vinagre balsâmico, maionese ou iogurte natural.

Na petisqueira pode usar nos queijos e no tomate aos cubinhos, folhas de manjericão picadas. É uma combinação clássica e magnifica.

Pode servir; cogumelos salteados, com rodelinhas de alho francês, pataniscas pequeninas do que quiser, ficam muito boas com chouriço corrente especial, cortado miudamente com mistura de ervas, bolinhos de bacalhau, tudo o que poder ser feito no forno e o ideal, ou com um mínimo de gordura possível. A variedade de petiscos não fica por aqui, a sua imaginação dita… Faça tudo em peças muito pequenas…

FIGOS COM QUEIJO DE CABRA E PRESUNTO

Preparação

Abra o figo fresco em quatro, sem o separar, introduza um fatia fina de presunto e no meio a fatia de queijo de cabra. Também pode picar grosseiramente. É um ótimo aperitivo que serve muito bem para a petisqueira, para um lanche como para o jantar.

Camembert no forno com compota de figos, nozes e pistácios

Preparação

– Aqueça o forno a 190º C.

– Coloque o doce ou a compota de figo numa tigela e leve ao micro-ondas durante 30 segundos só para amaciar.

– Numa taça pequena, misture os figos secos cortados ao meio com as nozes e os pistácios. ( se gostar mais de amendoim ou nozes, também fica bem.)

– Junte metade do doce de figo e misture bem de forma a envolver bem os frutos secos.

– Coloque o Camembert num pyrex ou num refratário próprio para ir ao forno.

– Com a ajuda de uma faca, cubra o Camembert com o resto do doce de figo.

– Depois ponha por cima a mistura de figos e frutos secos.

– Leve o queijo assim preparado ao forno durante 10 minutos.

Sirva quente, (pois o queijo fica um pouco derretido), com tostas pequeninas. Delicia…

O manjericão assim como qualquer outra erva só deve ser usada em pratos frios e nos quentes somente após a finalização, pois as altas temperaturas fazem a erva perder seu aroma.

Boa petisqueira… Se gosta de manjericão, use? Eu adoro e recomendo!

 

Bom Apetite!

Carmen Navarro

(texto)

 

 

Fotos: pesquisa Web

 

 

01ago21

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.