Menu Fechar

A conduta de um Professor muda uma ‘vida’!

Weihua Tang

 

Sendo  professora, tenho que enfrentar todos os acontecimentos imprevistos na sala de aula, sejam coisas positivas, sejam  desagradáveis.

Esta história realmente reflete a minha perspectiva do ensino face à vida. 

Num casamento de um colega de turma, um homem de meia-idade reconheceu o seu professor de secundário. Aproximou-se e perguntou educadamente. 

– “Olá, Professor, ainda se lembra de mim ?!”

– “Desculpe, não me lembro”.

Involuntariamente, insistiu na pergunta. 

– “Tente recordar-se. Fui seu aluno. Aquele rapaz que roubou o relógio de um colega, na sala de aula.”

O professor continuou a abanar a cabeça e disse: 

– “Não consigo mesmo reconhecer quem és”. 

Ficou mais ansioso e explicou:

– “Naquela altura, o professor mandou todos os alunos saírem da mesa, ficando em pé de frente para a parede. Depois, mandou-nos tapar os olhos com um lenço. O professor começou a procurar nos bolsos de cada aluno. Quando tirou o relógio do meu bolso, eu julgava que iria ralhar-me e castigar-me.

Aliás, jamais conseguia levantar a minha cabeça naquele instante, pois poderia causar humilhação e mágoa inesquecível na minha vida. Porém, após a devolução do relógio ao colega, mandou-nos voltar para o nosso sítio e continuou a aula como se nada tivesse  acontecido…E nunca mais mencionou este assunto até acabar o secundário.”

– “Professor, agora já sabe quem sou?!”

– “Como é possível lembrar-me de ti?! Para não influenciar a minha impressão aos restantes  alunos, também tapei os meus olhos. Assim poderias manter uma boa ligação com os colegas.”

O homem tão comovido e emocionado, abraçou apertadamente o professor, enquanto deixou as lágrimas caírem…

Lembro-me de um ditado chinês: “Um homem não enxuga as lágrimas com facilidade, porque não chega a tocar a profundidade do coração”. 

Então, meus caros leitores, conseguem imaginar as consequências, caso o professor fizesse o contrário?! 

Relativamente ao professor, isto é apenas um fugaz no rio da sua vida. Porém, para este homem, talvez, lhe estragasse a vida toda,  nunca se sabe…

A bondade mais cara é a compreensão mútua e a proteção máxima de autoestima. Dar o espaço de abrigo para a pessoa embaraçosa e oferecer uma oportunidade a quem precisa, por vezes, não é só uma salvação, mas também uma nova vida!

 

 

Imagem: BADU

 

01mai23

 

 

Partilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.