Menu Fechar

130 anos da “National Geographic” em exposição na Universidade do Porto

Em 1888, 33 peritos da área científica fundaram a National Geographic Society para partilharem conhecimentos e iniciarem novas investigações. Mais de um século depois, é a história da que viria a tornar-se uma das mais icónicas instituições do mundo que se celebra em “Um Século e Tanto: 130 anos da National Geographic”, título da exposição que vai estar patente até julho de 2020, nas renovadas instalações do Pólo Central (Reitoria) do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP).

Uma viagem à descoberta “da investigação e exploração nas mais diversas áreas da ciência e tecnologia” é a proposta de uma exposição que desafia os visitantes a percorrer toda a história da National Geographic Society através de mais de 300 fotografias, mapas e objetos provenientes, na sua maioria, do museu da organização, em Washington D.C. (EUA).

Ao longo das nove secções da exposição, é então possível recordar momentos célebres como a chegada de Robert Peary (na foto acima) ao Polo Norte, em 1909, a descoberta de Machu Picchu, o toque de Jane Goodall a um chimpanzé recém-nascido, ou as viagens do oceanógrafo Jacques-Yves Cousteau a bordo do seu Calypso. A estes junta-se uma seleção de 200 capas da revista National Geographic, incluindo a primeira fotografia de natureza publicada naquela publicação.

Texto e imagem: NUP / EeTj

01nov19

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.