Menu Fechar

O Amor também tem imperfeições…

Carla Ribeiro

O Amor também tem imperfeições… e são também elas que nos marcam e dão ensinamentos para a vida.

Tantas as vezes que estas Imperfeições são a força das minhas cicatrizes…

O Amor, é o sentimento mais simples e complexo ao mesmo tempo, e tem infindáveis formas de se manifestar e sentir.

Podemos e temos a capacidade de Amar de inúmeras formas.

Amamos os nossos Avós,

Amamos os nossos Pais,

Amamos os nossos Filhos,

Amamos os Amigos verdadeiros,

Amamos as plantas e os animais,

Amamos até, a nossa casa ou o nosso carro,

Amamos tantas vezes o que desconhecemos…

Amamos a pessoa com quem partilhamos a nossa vida.

Amamos de forma pura quando é um Amor incondicional.

Pode o Amor ser simplesmente carnal, em que eu diria, que temos apenas a troca de carícias, de sexo por sexo, para alimentar os desejos básicos do Homem e da Mulher. Mas este é um Amor que se esvazia a cada encontro ou reencontro, que não se alimenta de afetos e de sentimentos.

E temos o Amor que se descobre a cada dia, também com imperfeições.

É este, o caminho que fazemos, quando Amamos de verdade, na descoberta diária, na busca do equilíbrio, na capacidade de encontrar a harmonia.

Amar é partilhar, é respeito, é verdade, é a verdadeira Amizade, é sinceridade, e, o tanto que se descobre e redescobre a cada dia…

Amar é construir uma casa a dois, enfrentando as adversidades, e festejar todos os dias o sentir, o ser e o estar desse Amor.

Amar é caminhar no perfeito, e saber contornar a imperfeição.

Amar, é aprender todos os dias, e descobrir e aprender a Amar, cada imperfeição da outra Pessoa.

O Amor também tem imperfeições… e é com elas que vamos crescer e fortalecer cada relação.

São estas “imperfeições” as novas cicatrizes, a força das minhas cicatrizes…, que a cada caminhar da Vida, nos ensinam a começar, recomeçar e reconstruir.

Tortuosa a estrada do Amor, assim como tortuosa é a estrada da Vida, repleta de cor, luz e brilho, mesmo quando se cobre de neblina, e, não encontramos nela a cor, ou a luz para continuar.

Mas ela sempre está lá, temos é que destapar a “imperfeição”, e redescobrir-lhe a cor.

Amor, é o que nos faz refazer o caminho, e acreditar que sorrir, sonhar e caminhar, podem ter outro sentido.

E como é bom perceber, que há sempre uma Pessoa que pode devolver essa cor há nossa vida…

Pois todos os dias a vida se renova, assim como o meu e o vosso sentir, e é nesta amálgama de recomeçar, que sempre cresce o Amor.

É nas adversidades da vida que descobrimos os verdadeiros sentimentos…

É nas imperfeições que valorizamos, o certo e o errado, a mentira da verdade, a verdade da inverdade, a mentira que não nos magoa hoje, mas que é a mentira que nos rasga de dor amanhã…

E são estas Imperfeições do Amor, a força das minhas cicatrizes…

relatos maio - 01

Amo-te

Amo-te, disseste antes de me beijar,

Amo-te, dizias quando me olhavas,

E o meu rosto acariciavas.

Amo-te, dizias quando me telefonavas…

E, repetias essa palavra tão pequena no grafar,

Mas tão magnânima no sentir.

Amo-te, dizias, pelo brilho do teu olhar,

Pelo sorriso do teu rosto,

Mais ainda com as tuas camoesas.

Amo-te, serena, ou selvagem, mas amo-te…

Amo-te, dizias, pela tua beleza, amo-te sem te merecer…

E amei-te neste sentir…

Amo-te, pelo azul do teu olhar, ou do azul do céu e do mar,

Amo-te, pelo grito que do meu peito se soltava,

Que ao mundo gritava, o tanto que te amava.

Amo-te, nas palavras caladas, nos sonhos inacabados,

No silêncio, da tua ausência,

E nos murmúrios da tua presença.

Amo-te, pelo sol que me devolveste há vida,

Pelo abraço que me recolhe, pelos beijos que me estremecem…

Amo-te, pelo pulsar do meu coração, quando te vejo,

E quando sinto, o teu perfume na minha cama…

Amo-te quando partes,

Amo até o teu silêncio.

Amo-te, em cada lágrima derramada,

Amo-te, e nem sei, se um dia vais voltar…

Amo-te…

Carla Ribeiro

2016.02.14

In’ “Desnudo-me em palavras”

©Reservados Direitos de Autor

relatos maio - 02

Queres respeito, respeita-te e respeita.

Queres sinceridade, sê sincero.

Queres Amor, aprende a Amar…

Carla Ribeiro

2017.03.27

©Reservados Direitos de Autor

 

A todos sem igual,

Obrigada

Até breve com novos “sentir”, novos “amar”…

Namasté

 

Fotos: Pesquisa Google

01mai17

Partilhe:

20 Comments

  1. Carla Ribeiro

    Recolhido do Facebook:
    “Antonio Alves
    O AMOR extensivamente desnudado e a assumir imperfeições no modo como se assume na VIDA.
    E muitas vezes, no estertor das nossas mais extremas dificuldades, somos interpelados por gestos (in)esperados do interlocutor mais próximo ou até fisicamente distante.
    Depois, vêem os afectos, qual tónus de vida, e que dão expressão e conteúdo à vida.
    Parabéns pir mais um excerto da singular obra literária de Carla Ribeiro e que todos devemos ler!”

  2. Luisa

    Grata pelas tuas partilhas do coração, minha fada-madrinha muito querida, Carla Ribeiro No Amor nos perdemos…no Amor nos (re) encontramos…

  3. Carla Ribeiro

    Recolhido do Facebook:
    Alice M.
    “Amar é construir uma casa a dois, enfrentando as adversidades, e festejar todos os dias o sentir, o ser e o estar desse Amor.”
    Lindo Carla.
    Beijinhos.

  4. Carla Ribeiro

    “mimalho”,
    pois acho que jamais nos iremos tratar de outra forma.
    Amigo, como é bom ler as tua palavras, e saber que me vais lendo ás vezes….
    estás em falta, pois ainda não tens o meu livro… Imperdoável…
    Beijinhos
    Saudades, de conversarmos e rirmos Amigo

  5. Carla Ribeiro

    Olá Sónia
    Grata pelo carinho das tuas palavras.
    Sabes como me contatar, deixa mensagens e teirei td o gosto em combinar cntg para te entregar o livro.
    Beijinhos e Obrigada

  6. PEDRO

    Amiga,
    e palavras já não são necessárias, pois na delicadeza das tuas, já tu nos falaste de tudo, mesmo na dor, tu consegues colocar flores e tudo embelezas…
    Nem sabes, minha Amiga, as saudades que tenho de um Amor, mesmo repleto de imperfeições.
    mas também sei que fui eu quecom o meu medo de imperfeições que o perdi, e acho que jamais o vou recuperar.
    Obrigada por me teres feito parar, e pensar.
    Breve espero ir ao norte, e mesmo no meio de tantas das minhas imperfeições, espero ter tempo para jantarmos e conversarmos.
    Continua a sorrir e lutar pelos teus sonhos, tu que nunca baixas os braços e lutas pela tua vida com a garra de uma LEOA.
    Obrigada Amiga, por seres como ÉS.
    Beijinhop dese teu Amigo, sempre imperfeito

  7. Carla Ribeiro

    Comentario recolhido no Facebook
    Francisco Ferreira
    E são as imperfeições que tornam o amor naquilo que é, colmatando e ajustando a imperfeição numa cedência seguindo a ordem universal do equilíbrio

  8. Francisco

    “Mimalha”, como sempre te chamo,
    E como é lindo ler estas imperfeições de que falas que o Amor tem. Tu que sabes Amar dessa forma tão incondicional.
    sabes o Amor vai sempre ter imperfeições, pois ainda não aprendemos a ve-lo e senti-lo dessa forma pura com que tu o tens. sentes, e vives.
    Eu mesmo não fui capaz de o ver, e valorizar…
    És uma MULHER sem igual, nessa tua forma tão simples de viver no Amor, que colocas em tudo o que fazes.
    Obrigado, Carla, pela MULHER que és e que tenho o previlégio de manter como AMIGA.
    A minha vida fica muito mais rica com a tua presença mimalha.
    Nunca pares de sorrir, e Amar dessa forma incondicional como Amas.
    Obrigado Mulher, menina, Amiga e mimalha, por seres essa pessoa linda que és.
    Beijinhos e um enorme abraço que já tenho tantas saudades de sentir.
    Sê feliz sempre a Amar…

  9. Sonia

    Carla, é isso mesmo
    E pelo que tenho lido a Carla sabe Amar de uma forma incondicional, como poucos saberemos.
    Amar, sempre o Amor que nos move em sentimentos e atos.
    Parabens por esta visão do Amor, por estas palavras também ela de Amor.
    Irei entrar em contato consigo no Facebook para adquirir o seu livro, pois fiquei muito curiosa em o ler.
    Obriagda, nunca para de Amar e de partilhar as suas palavras connosco.
    Beijinho
    Sónia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.