Menu Fechar

“MAPA DE ARTE PÚBLICA” DÁ A CONHECER ITINERÁRIO CULTURAL DA INVICTA A… “CÉU ABERTO”

O Porto tem já um “Mapa de Arte Pública”, o qual foi lançado no pretérito dia 10 de junho, nos jardins românticos de Nova Sintra, aquando da inauguração, no local, da escultura de Julião Sarmento (ver reportagem nesta secção), pelo presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira.

Este mapa carateriza-se por trajetos temáticos que orientam uma visita a “museus a céu aberto” segundo os conceitos de “cidade líquida” e de “cultura em expansão”. Ou seja, trata-se de um mapa que “está subjacente ao programa de Arte Pública lançado há dois anos, com o forte contributo visionário de Paulo Cunha e Silva, e cuja primeira inauguração foi o painel de Fernando lanhas, no túnel da Ribeira”, como explicou o autarca, salientando que o programa tem por objetivo a criação de “um verdadeiro museu ao ar livre que toda a cidade se envolva.

As Rotas

O Mapa de Arte Pública é constituído por cinco rotas, ou itinerários temáticos, como a Rota da Água (com trabalhos de Alberto Carneiro, Tomás Costa, Lagoa Henriques/Vasco Mendes/Luís Cunha, J.J. Teixeira Lopes, Américo Gomes/Manuel Marques, Eduardo Souto de Moura, Barata Feyo/Solà Morales, José Rodrigues e Janet Echelman; a Rota Histórica (da estátua d´”O Porto” na Praça da Liberdade até à da “República” na praça com o mesmo nome); Rota das Letras (“viajem” pelas obras de Guerra Junqueiro, Arnaldo Gama, Camilo, Ramalho Ortigão, Júlio Dinis, Almeida Garrett, Abel Salazar, carolina Michäelis, Eugénio de Andrade, entre muitos outros); Rota das Belas Artes (obras de Soares dos Reis, A. Teixeira Lopes, Barata Feyo, Lagoa Henriques, Gustavo Bastos, José Rodrigues, Sousa Caldas, Zulmiro de Carvalho, Carlos Marques e Fernando Távora) e a Rota da Arte Contemporânea (trabalhos de Richard Serra, Ângelo de Sousa, Cabrita Reis, Juan Muñoz, Dalila Gonçalves, João Louro, Rui Chafes, Alberto Carneiro, Júlio Resende e Fernando Lanhas).

aguas_porto_19 (1)

O Mapa de Arte Pública está disponível, gratuitamente, nos postos de turismo, aeroporto e outros pontos estratégicos da cidade. Saiba que o logograma do Programa de Arte Pública foi desenvolvido pela designer Joana Machado.

Texto: JG

Fotos: Pedro N. Silva

01ago17

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.