Menu Fechar

Quero uma guerra de Amor

Carla Ribeiro

Quero uma guerra de Amor…

Dessa que só soltas gargalhadas e sorrisos, e na qual as lágrimas não são de sangue, mas sim uma mar de felicidade.

Não me peçam para ser diferente, nem para Amar de outra forma.

Não sei ser de outra forma, sou assim mesmo desta forma simples e incondicional.

Mas, confesso, às vezes, sabia tão bem, não ter que lutar tanto, nem sofrer e vencer nestas lutas que travo a cada dia.

Um dia, alguém me disse, que apenas travamos as lutas que a vida sabe que somos capazes…

E quem sabe os nossos limites, se nem nós mesmos os conhecemos ainda…

Hoje eu sinto-me cansada de tanto lutar, quero merecer a paz de um Amor que me faça simplesmente feliz…

GUERRA AMOR

Quero uma guerra de Amor…

Quero paz e serenidade,

Quero um Amor que simplesmente me saiba amar.

Não precisa de ser igual ao meu, pois como bem sabemos isso seria impossível.

Não Amamos todos da mesma forma, nem tão pouco o Amor é um sentimento mesurável, que possamos pesar numa balança…

Amar…

Uma palavra tão repleta de sentimentos e tão complexa na sua forma de ser, estar e sentir…

Amor…

O mais belo dos belos sentimentos, o mais puro quando sincero e verdadeiro, o top dos sentimentos, quando o fazemos de uma forma tão incondicional.

Quero uma guerra de Amor…

Quero beijos e abraços,

Quero uma guerra de sentimentos, verdadeiros e puros.

E, que as lágrimas,

Que no meu rosto correm,

Sejam apenas de felicidade,

E não,

De uma dor que já nem sei como sentir.

Quero uma guerra de Amor…

E que nela estejas sempre Tu,

Como o Sol em cada aurora.

Quero uma guerra de Amor…

Com a beleza com que ao longe,

A cada anoitecer,

Ao longe o sol beija o mar…

Quero uma guerra de Amor…

Com a leveza de uma guerra de plumas,

Em que as almofadas são a mais bela arma,

Onde risos e gargalhadas,

São o som de uma guerra de Amor…

Quero uma guerra de Amor…

BALA-FLOR

A todos sem igual,

Obrigada

Até breve com novos “sentir”, novos “amar”…

Fotos: Pesquisa Google

01set17

 

 

Partilhe:

15 Comments

  1. Conceição

    Maravilhoso o teu texto..
    Uma guerra de amor era uma maravilha par acabar com os ódios…
    Beijinhos da tua amiga
    C. R.

  2. José

    amiga Carla
    Gostei imenso de ler.
    ASe o Amor, corresse em nossa svidas como core em si, e nas suas palavras, teriamos guerras infindáveis de Amor e uma mundo melhor.
    Obrigado, por nos permitir, ler as suas palavras.
    Aquele abraço cordeal

  3. Manuel

    Lindo
    que bela esta guerra de Amor…
    que sempre a tuas guerras sejam, de belo Amor, como aquele que nos permitiste ler nesta linhas.
    Excelente
    Obrigado
    Um forte abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.