Menu Fechar

Flores de um jardim qualquer

Carlos Sameiro

(texto e fotos)

 

De um jardim qualquer são as flores. Não são de ninguém, apenas delas mesmo. São desnudas e bailam ao sopro da brisa. Encantam cidades, vilas e aldeias;  ternura para os olhos; oferendas de amores.

São o natural da natureza, pois essa é a certeza.

Pinceladas e abençoadas por Deus, assim são as flores de um jardim qualquer.

 

 

01jun20

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.