Menu Fechar

O estrambótico senhor vinho…

Carlos Sameiro

(texto e fotos)

 

Já diz a canção:

“Oiça lá ó senhor vinho

Vai responder-me, mas com franqueza

Porque é que tira toda a firmeza

A quem encontra no seu caminho? ”

Sim, a franqueza de uma certeza que há caminhos que nos levam a lugar algum e que outros a lugar nenhum.

O que se encontra no caminho são as pedras da calçada, são as pedras da esperança dos sonhos da realidade. Por isso, diga lá senhor vinho, porque nos tira a lucidez e ficamos na estrambótica embriaguez.

Museu do Vidro, Marinha Grande.

 

 

 

01set20

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.