Menu Fechar

“A Varanda”, pela “Capítulo Reversível”, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima

A companhia Capítulo Reversível leva à cena, amanhã (02out20), pelas 22 horas, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, o espetáculo de teatro A Varanda, um texto de Henrique Félix, interpretado por Ângela Pinto, António Machado e Maria Curado Ribeiro, com música original de Nuno Cintrão e encenado por Sérgio Moura Afonso.

A trama, com texto de Henrique Félix e com encenação de Sérgio Moura Afonso, transporta-nos para o universo dos cuidadores informais e para a temática da inversão de papéis mãe cuidadora/filho cuidador e de algumas das vertentes da solidão.

Será que a palavra solidão tem o mesmo significado ao longo da nossa vida? Estamos preparados para lidar com a situação de termos de cuidar dos nossos pais? Como gerir a angústia criada pela responsabilidade de cuidar dos pais quando não se equaciona a hipótese de os pôr numa instituição? Ao longo da história, as três personagens vão revelando os seus verdadeiros sentimentos relativamente à situação em que se encontram.

Num género muito apreciado pelo público, este texto de comédia falará de vida, de deixar em suspenso a vida pessoal para cuidar de um familiar e das suas consequências e do Amor. Numa sociedade onde os cuidadores informais existem em quase todas as famílias, aborda-se o tema de uma forma descontraída e alegre. A chegada de uma terceira personagem vem comprovar que ainda existem finais felizes.

 

Encenação – Sérgio Moura Afonso

Autoria – Henrique Félix

Interpretação – Ângela Pinto, António Machado e Maria Curado Ribeiro

Direção de Cena – Isabel Guerreiro

Música Original – Nuno Cintrão

Desenho de Luz – Carlos Arroja

Operação de Som – Hugo Furtado

Cenário e Figurinos – Ana Paula Rocha

Produção – Capítulo Reversível

Bilhetes à venda (8,00€) no Teatro Diogo Bernardes e em teatrodiogobernardes.bol.pt.

 

Texto e imagem: Gabinete Terra / Etc e Tal jornal

01out20

 

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.