Menu Fechar

Rio para onde vais?

Carlos Sameiro

(texto e fotos)

 

 

Rio para onde vais? Vou por terras de Portugal. Aldeias, vilas e cidades de gentes de trabalho, crença e fé. Minhas águas são as tuas, na margem descansas o teu corpo e longo pensamento como longo eu sou.

O meu leito beija o verde, o verde da esperança   da tua azáfama interior.

Serpenteio coração e emoção porque sou o rio que ziguezague o engano do teu irreal.

Rio Ul, São João da Madeira

 

 

 

01out20

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.