Menu Fechar

SWaPol realiza Evento Multiplicador na Faculdade de Letras da Universidade do Porto

No próximo dia 15 de janeiro, por via online, irá ter lugar o Evento Multiplicador do projeto “SWaPOL: Social Work and Policing. Training in Public Order Management”. O projeto SWAPOL iniciou-se em novembro de 2018 e terminará em fevereiro de 2021, e foi financiado pelo Programa Erasmus+ da União Europeia. O projeto foi liderado pelo European Centre for Social Welfare Policy and Research, em Viena, através do seu coordenador Dr. Günter Stummvoll.

O projeto contou com a participação de parceiros de três países, Áustria, Bélgica e Portugal. Para além do European Centre, os parceiros austríacos incluem a FH Joanneum Gesellschaft MBH e a Landespolizeidirektion Vienna- Áustria, enquanto os parceiros belgas são a University College Gent / Gent University; o Innovation Centre for Security e a Paulo Police Academy Ghent. Em Portugal, os parceiros do projeto são a Universidade de Porto (através da Prof. Paula Guerra e do Prof. Miguel Saraiva, da Faculdade de Letras), a Câmara Municipal de Lisboa – Polícia Municipal de Lisboa (através da Dra. Mónica Diniz) e o Instituto Politécnico do Porto (através da Prof. Vera Diogo, da Escola Superior de Educação).

O projeto SWAPOL, tendo quer uma componente educativa, quer de formação, focou-se nas dinâmicas de gestão de ordem pública em espaços urbanos. Abordou principalmente a confluência de duas profissões: o trabalho social e a polícia, embora não se tenha cingido a estas, por compreender a complexidade de domínios profissionais existentes que abordam estas questões. Dessa forma, o projeto teve três grandes objetivos:

  1. Desenvolver, testar e avaliar um inovador treino-piloto para estudantes de trabalho social e polícias;
  2. Desenvolver um Handbook (“Handbook for Trainers” / Guia para Formadores);
  3. Multiplicar 2

O treino-piloto foi desenvolvido em conjunto pelas entidades parceiras do projeto e posteriormente aplicado ao longo de cinco dias em cada um dos três países.

Em Portugal, o treino ocorreu em formato inteiramente presencial entre janeiro e fevereiro de 2020. A formação, alicerçada em técnicas de aprendizagem centrada nos estudantes e em técnicas de alinhamento construtivo, incluiu ações de dinâmicas de grupo, debates, análise de vídeos, saídas de campo e a presença de vários oradores convidados. A formação cobriu três módulos: (i) gestão da ordem pública – cooperação entre trabalho social e polícia; (ii) uso de substâncias psicoativas entre jovens: prevenção e redução de danos na noite; e (iii) sem-abrigo.

Entre as principais questões abordadas incluem-se:

  1. a) A partilha de responsabilidades entre as profissões na gestão da ordem pública e governança associada à segurança
  2. b) O cruzamento das esferas de trabalho a lidar com grupos marginalizados no espaço público
  3. c) As diferentes éticas de trabalho que devem ser entendidas mutuamente.

Desta forma, procurou-se perceber a complexidade e a diversidade entre as profissões, perceber os papéis e a distribuição de responsabilidades; perceber as perspetivas e construir confiança entre as profissões; reduzir o preconceito; melhorar os canais de comunicação e desenvolver os caminhos para a cooperação. No total, participaram no treino-piloto português 28 formandos, 4 formadores, 10 oradores convidados e 6 observadores.

No final da formação, 100% dos formandos responderam que melhoraram ou melhoraram muito o seu conhecimento especializado graças a esta formação; e 100% dos formandos responderam que recomendariam ou recomendariam muito esta formação aos seus colegas (4 e 5 numa escala de 1 a 5).

O evento multiplicador que agora se vai realizar tem por objetivo disseminar o processo e os resultados do projeto e da formação-piloto implementada, nomeadamente os resultados da aprendizagem e as competências adquiridas. Servirá também como uma plataforma de debate com várias entidades convidadas e o público em geral, abordando:

– a integração sustentável de questões relativas ao interface Trabalho Social

– Polícia nos sistemas de treino e ensino existentes; – a disseminação dentro das profissões e a outros stakeholders em escalas nacionais e internacionais. Consideramos que esta sessão se trata de um evento-chave para todos os académicos e profissionais que trabalham nestas áreas. Em Anexo é possível encontrar o programa do evento. A entrada é livre e será fornecido um certificado de participação.

 

Texto e imagem: SWaPol / Etc e Tal jornal

13jan21

 

 

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.