Menu Fechar

Sorte ou Coincidência?! (continuação…)

Weihua Tang

 

Temos um ditado chinês: “O tempo é imprevisível, tal como a graça e a desgraça das pessoas.”

No fim de 2007, fui fazer a primeira mamografia na minha vida, em Portugal. Infelizmente, o médico deixou uma “bomba-relógio”no relatório – “Suspeito de cancro da mama”.Depois, fui entregar esta “conclusão pesada” no centro da saúde. Naquela altura, não tinha médico de família e não compreendia muito bem como funcionava.

Contudo,uma médica mandou de imediato o meu relatório pelo fax para o IPO. Honestamente, não fazia ideia o que estava a acontecer comigo. Costumava ouvir dizer que, às vezes, uma consulta em Portugal poderia demorar meses ou um ano. Como nunca tive uma consulta assim, nem queria acreditar. Drasticamente, recebi uma carta logo no dia seguinte e, no envelope, estava escrito com letra maiúscula- URGENTE.

Levei este “telegrama urgente”, perturbada e ansiosa e entrei no IPO. No momento em que olhei o nome completo do instituto, logo percebi o motivo e a gravidade da minha situação. Seja como for, fiquei ainda mais preocupada e nervosa, enquanto estava sentada na sala de espera, porque reparei que muita gente usava gorro ou lenço na cabeça.Aliás, não tinham cabelo. Além disso, a atmosfera era demasiadamente silenciosa e sossegada.

– “Estás sozinha?” – perguntou-me a enfermeira.

– “Sim, estou”. – respondi calmamente.

– “Que triste!” – acrescentou ela…

Estranhamente, mal acabou o exame, o médico marcou, o mais rápido possível, a data da biópsia para mim. Essa rapidez e eficácia chamou a minha atenção, apesar de estar bastante receosa. Porém, quinze dias de espera para o resultado já era o suficiente para me matar.Embora eu tivesse um estado psicológico muito estável e forte, eu imaginava, um certo dia, que, o meu marido chegava ao aeroporto, e aparecia a sua mulher, adoentada, com uma cara pálida, e, acima de tudo, sem cabelo, devido à quimioterapia ou radioterapia. Nem imaginam…As minhas lágrimas caiam sem parar, até ofuscarem a minha visão…

– “Foi negativa!” – exclamou o médico.

Ainda não tinha tempo para saltar de alegria e ele disse-me assim:

– “Deste modo, para prevenir, vamos fazer a segunda biópsia”.

Teoricamente, a possibilidade de ser “positiva” era cada vez menor. Entretanto, a segunda biópsia parecia-me mais violenta e mais assustadora, pois era necessário tirar mais fibras para analisar. Incrivelmente, foi negativa de novo. Julgava que, desta vez,o médico ia largar-me e deixar-me ir embora,mas, na realidade,foi exatamente o contrário.

– “Para ter a certeza absoluta, vamos fazer a operação para tirar o nódulo” – aconselhou ele.

Fiquei bastante chocada. Quase não acreditava no que ouvi. Naquele momento, senti mesmo o meu coração a acelerar até chegar à minha boca, porque, o meu marido ainda estava à espera do seu visto na Embaixada Portuguesa na China. E agora?! Contudo, tinha de tomar uma decisão rápida e sensata. Quando o médico escolheu dezassete de junho (17/06) para a data da cirurgia, aceitei logo sem hesitar. Sonhava que esta data provavelmente poderia trazer-me sorte.

A cirurgia foi realmente um sucesso, porque, consegui acordar após a anestesia geral, a qual era a minha maior preocupação. Neste caso, na China, em princípio usam a anestesia local. Todavia, mais três semanas de espera pelo resultado era uma verdadeira“tortura”. Nunca me esqueci daquela cena,enquanto entrava na porta da médica.

“Parabéns! Parabéns! Tens sorte! É apenas um fibroma”! – disse a médica,em voz alta, enquanto sorria e olhava para mim.

Tenho de confessar que tive mesmo muita sorte, porque eu era quase a única mulher, que não chorou, depois do levantamento do resultado. Por isso mesmo, os chineses costumam dizer assim: “A vida está entre a inspiração e a aspiração”! Concordam?!

Ó meus caros leitores, tentei ultrapassar independentemente todas as dificuldades inimagináveis. Porém, lembrei-me de um ditado chinês:“A doença vem como uma montanha e vai como um fio”.E não só, porque eu sou constantemente otimista, mas também graças à minha convicção firme.

Mais um milagre ?! O tamanho do fibroma na mama foi, nem mais nem menos, somente 7 mm!

 

Foto: pesquisa Web

01fev21

 

 

 

 

Partilhe:

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.