Menu Fechar

U. Porto premeia melhores ideias para o contacto cara a cara sem recurso ao digital, com o concurso “The Power of Design”! Inscrições até 15 de março…

O concurso “The Power of Design” procura soluções de design que consigam colmatar o problema do contacto interpessoal que a propagação do novo coronavírus vem acentuando diariamente. Única regra: não pode envolver nada que seja digital. O primeiro prémio é de 3.000 euros, e a Universidade do Porto admite a hipótese de desenvolver algumas das ideias e colocá-las no mercado. As propostas são aceites até 15 de março.

A pandemia da Covid-19 e a obrigatoriedade de nos mantermos afastados obrigou muitos a reinventar-se. As novas tecnologias, o digital, tornaram-se parceiros habituais e colmataram algumas necessidades de contacto. No entanto, a U. Porto acredita que chegou o momento para uma nova reinvenção: como resolver a crise do contacto cara a cara?

A pergunta está lançada e a resposta, essa, caberá à comunidade dar. “Procuramos ideias de design notáveis ??e brilhantes, mas simples, capazes de restabelecer o convívio pessoal seguro quando os indivíduos e as comunidades são desafiados por doenças infeciosas”, pode ler-se no website do concurso.

O propósito da U. Porto é chegar a “pessoas com capacidade de promover uma ideia que resolva isto que nos afeta agora a todos, o vírus e esta impossibilidade de estarmos juntos”, referia António Ferreira, impulsionador da iniciativa, ao jornal Público, acrescentando que “as soluções digitais atuais, por mais meritórias, são extremamente limitadas e não promovem a convivialidade”.

Aberto a pessoas com alguma ligação ao design e à criação, tenham ou não formação académica, em Portugal ou no estrangeiro, o rol de propostas será avaliado por um júri internacional. As melhores candidaturas vão ser apresentadas na Galeria da Biodiversidade da Universidade do Porto e publicadas numa revista de design. Para o segundo e terceiro classificados está ainda reservado um prémio de 1.000 euros.

O “The Power of Design” tem o apoio do Museu de História Natural, da Faculdade de Engenharia, do Centro de Investigação dos Transportes e da Urbanização e da Casa Comum.

 

Texto: Porto. / Etc e Tal jornal

Foto: Filipa Brito (Porto.)

01mar21

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.