Menu Fechar

Projeto da Católica quer responder aos desafios do setor agroalimentar

Projeto STARGATE, desenvolvido pelo Centro de Biotecnologia e Química Fina da Católica, visa criar sistemas mais resilientes e sustentáveis.

Com o objetivo de responder aos grandes desafios dos sistemas agroalimentares europeus, os investigadores do Centro de Biotecnologia e Química Fina (CBQF) da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica estão a desenvolver o projeto STARGATE – “Sensors and daTA tRaininG towards high-performance Agri-food sysTEms”, financiado pelo Horizonte 2020, através do programa “Twinning of research institutions”. Em colaboração com instituições líderes internacionais – a Wageningen Research, o Instituto de Investigação Francês para a Agricultura, Alimentação e Ambiente (INRAE) e o Instituto de Genética Vegetal e de Investigação de Plantas alemão (IPK) –, este projeto vai permitir aprofundar e partilhar conhecimento que contribuirá para a criação de sistemas agroalimentares mais resilientes e sustentáveis.

As alterações climáticas, o aumento da população e o consequente incremento da produtividade conduzem a uma cada vez maior necessidade de rastrear e de controlar todo o complexo processo da cadeia alimentar, desde a produção até ao consumidor. Através do STARGATE, vai ser possível aumentar o conhecimento sobre sensores de alta tecnologia e tecnologias de fenotipagem, com vista a desenvolver modelos preditivos relativos a culturas mais resistentes e robustas às alterações climáticas e que possam ser integradas numa agricultura circular.

No âmbito do projeto, será, também, possível identificar o potencial impacto dos recursos genéticos e da biodiversidade nos alimentos, selecionar a melhor matéria-prima para gerar um alimento premium – nutritivo, saudável, seguro e sustentável –, reduzir a utilização de fertilizantes ou herbicidas, melhorar o valor nutricional das culturas e a sua qualidade global, prolongar a vida útil e, ainda, reduzir e valorizar perdas em contexto de economia circular.

Manuela Pintado, diretora do CBQF e investigadora principal do projeto, explica que “através da articulação profícua entre os diferentes membros do projeto, agricultores e a indústria agroalimentar, vai ser possível desenvolver sensores e tecnologias multimétricas e de fenotipagem de plantas que permitirão criar sistemas agroalimentares mais resilientes e sustentáveis”. Manuela Pintado salienta, também, que “o STARGATE contribuirá decisivamente para o Centro de Biotecnologia e Química Fina se posicionar como um centro de excelência nacional e internacional em sistemas agroalimentares de alto desempenho”.

ESTUDO REVELA IMPORTÂNCIA DOS PAIS NO ENSINO MUSICAL

Quais são os fatores que influenciam a motivação dos alunos do ensino musical? Esta foi a questão central do estudo “Disentangling motivation within instrumental music learning: A systematic review”, desenvolvido por António Oliveira, Patrícia Oliveira-Silva e Luísa Mota Ribeiro, investigadores do Human Neurobehavioral Laboratory (HNL) do Centro de Estudos de Desenvolvimento Humano (CEDH) da Faculdade de Educação e Psicologia (FEP) da Universidade Católica Portuguesa, no Porto, em colaboração com Gary McPherson, da Universidade de Melbourne, na Austrália, e a investigadora Fabiana Ribeiro. O artigo, publicado na revista internacional Music Education Research, revela, por exemplo, que o suporte parental no início dos estudos é fundamental para a formação de uma identidade musical.

O estudo conclui, também, que os alunos com uma visão mais maleável acerca do conceito de talento são mais bem-sucedidos e, ainda, que os professores são um agente fundamental no desenvolvimento da autonomia e autorregulação. Por ser um aspeto crucial para o sucesso escolar, a motivação tem sido, durante décadas, um assunto amplamente abordado em pesquisas científicas, especialmente quando se trata da aprendizagem na área da música. Atualmente, são várias as teorias que apontam para a influência de fatores como os contextos social e psicológico, o acompanhamento parental, a mentoria por parte dos professores, entre outros aspetos considerados determinantes para a motivação (ou falta dela) apresentada por um aluno, durante o seu percurso de aprendizagem de um instrumento musical.

Apesar de todas as teorias existentes, as conclusões sobre os fatores que influenciam a motivação carecem, ainda, de clareza. Foi com base nesta premissa que os investigadores decidiram avançar com uma revisão sistemática da literatura sobre a motivação de crianças e adolescentes para o estudo musical. Procurou-se, assim, compreender como este assunto foi analisado, que teorias foram adotadas para enquadrar as investigações, que tipos de instrumentos foram elaborados ou adotados dentro das diferentes pesquisas e as conclusões documentadas. Refira-se que toda a revisão relatada no artigo faz parte de um estudo mais extenso que aborda os procedimentos de admissão em Conservatórios de Música

PROGRAMAS DA CATÓLICA “PORTO BUSINESS SCHOOL PASSAM A SER ACREDITADOS INTERNACIONALMENTE PELA “AACSB”

A Católica Porto Business School passa a integrar a acreditação da Universidade Católica Portuguesa concedida pela AACSB (Association to Advance Collegiate Schools of Business), uma das mais importantes e prestigiadas entidades de certificação internacional de escolas de gestão. A acreditação da Universidade – que abrangia até à data os programas da Católica Lisbon School of Business & Economics – contempla, agora, também, os programas da Católica Porto Business School. A acreditação atesta a excelência dos programas formativos da Escola, que se encontram estruturados de acordo com os mais rigorosos padrões internacionais.

A Católica Porto Business School é a terceira Escola a nível nacional a obter o estatuto de Triple Crown. A acreditação da AACSB vem juntar-se aos selos de qualidade AMBA (Associaton of MBA’s) e EQUIS (EFMD Quality Improvement System), obtidos pela Escola de negócios em 2013 e 2016, respetivamente. O estatuto Triple Crown, detido atualmente apenas por cerca de 100 escolas de negócios a nível global, consolida a reputação internacional da Católica Porto Business School e abre novas oportunidades de desenvolvimento para a instituição.

Rui Soucasaux Sousa, dean da Católica Porto Business School, afirma que “este reconhecimento coloca a Católica Porto Business School num elevado patamar internacional, reforçando a sua missão de cocriar conhecimento de fronteira na área das ciências empresariais e de desenvolver profissionais para uma sociedade global e sustentável”.

Fundada em 1916, a AACSB assume-se como a maior agência de acreditação de escolas de negócios do mundo, que interliga docentes, estudantes e empresas com um objetivo comum: criar a próxima geração de líderes. A AACSB tem como missão promover o envolvimento, acelerar a inovação e ampliar o impacto do ensino na área da Gestão. Contando com mais de 1.700 organizações afiliadas em mais de 100 países e territórios, a AACSB desafia as escolas a encontrar novas e inovadoras formas de pensar a formação para a gestão em todo o mundo.

 

Texto: Central de Informação / Etc e Tal jornal

Fotos: pesquisa Web

 

01abr21

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.