Menu Fechar

Exposição “Panfletarismo” no Gabinete Gráfico do Museu da Cidade do Porto… até 20 de junho

O arquivo do Centro de Trabalho do PCP do Porto foi objeto de um olhar gráfico que permitiu reunir duas centenas de cartazes, panfletos e brochuras. A exposição pode ser visitada até 20 de junho, no Gabinete Gráfico do Museu da Cidade.

Produzidos pelo Partido Comunista Português (PCP), por movimentos políticos em que esteve envolvido, por organizações sindicais e por manifestações informais afins, abrangendo o período de resistência até à formação da CDU, estes materiais são agora apresentados ao público no foyer da Biblioteca Municipal Almeida Garrett, local onde emerge o Gabinete Gráfico do Museu da Cidade.

Para além da iconicidade da foice e do martelo, a exposição, que Rui Moreira já visitou acompanhado por Nuno Faria, diretor artístico do Museu da Cidade, privilegia a ação política local, da Praia da Madalena aos montes de São Pedro da Cova, e a estreita ligação que o discurso tenta fazer com as várias dimensões do quotidiano e causas sociais.

É um exercício que tenta articular a urgência de comunicar com a forma de o fazer no seu sentido mais lato: desde os silêncios da impressão na clandestinidade à premência de propagação de mensagem política dos cânticos por megafone no pós-25 de abril.

Panfletarismo” recebe a curadoria do designer gráfico Rui Silva, com o núcleo de programação do Museu da Cidade. O resultado deste trabalho está integrado no programa satélite da exposição “100 anos PCP”.

Aberta de segunda-feira a sábado (segundas, das 14 às 18 horas; e de terça-feira a sábado, das 10 às 18 horas), a exposição é de entrada gratuita, mediante o protocolo de restrições e lotação da Biblioteca Municipal Almeida Garrett.

 

Texto: Porto. / Etc e Tal jornal

Fotos: Miguel Nogueira (Porto.)

 

01mai21

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.