Menu Fechar

Moradores do Largo da Maternidade, no Porto, alertam CDU para ajudar a evitar onda de acidentes que se tem verificado no local e pedem semáforos para tentar resolver o problema

Uma delegação da CDU-Porto, na qual figurou a vereadora Ilda Figueiredo, visitou, recentemente, o Largo da Maternidade, onde pode ouvir as críticas e anseios dos moradores daquela zona, tendo sido a visita efetuada a pedido desses mesmos.

Dos principais problemas levantados pelos moradores, sublinha-se a situação do cruzamento entre o Largo da Maternidade Júlio Dinis, a rua do Breiner e a rua Adolfo Casais Monteiro, onde a falta de sinalética já causou inúmeros acidentes, dos quais se realçam dois, só no último fim-de-semana.

A CDU considera importante que se pondere a instalação de sinalização adequada, ou até, de semáforos, de modo a prevenir acidentes futuros.

Verificou-se também o estado de degradação avançada em que se encontra o jardim que perfaz o largo, vítima da falta de manutenção, assim como a existência de uma estrutura de balneários e sanitários públicos, que se encontra encerrada para obras, mas sem sinais do avanço das mesmas.

OBRAS MAL EXECUTADAS NO BAIRRO PARCERIA E ANTUNES

A delegação da CDU falou também, com vários moradores do Bairro Parceria e Antunes, ficando a par de uma abundância de problemas relacionados com obras mal executadas, e que resultam em casas cheias de humidade, e até instâncias em que chove dentro das edificações.

Os moradores referiram que avançarão com um abaixo-assinado, solicitando à CMP que avance com as obras necessárias, e que mande reparar o que ficou mal feito.

A vereadora da CDU irá levar estes casos à próxima reunião da CMP, a realizar no próximo dia 03 de maio.

 

Texto: Diana Couto

Fotos: CDU

 

01mai21

 

 

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.