Menu Fechar

A festa…

Carlos Sameiro

(texto e fotos)

 

 

Diz a canção: ” Tocam os sinos na torre da igreja

Há rosmaninho e alecrim pelo chão

Na nossa aldeia, que Deus a proteja

Vai passando a procissão…

Tocam os sinos, lançam-se os foguetes é a banda a tocar é alegria pela aldeia.

Que terra do nosso Portugal, não honra o seu santo? Se dúvidas as há então qual gentes mais distantes da realidade da fé e da crença de um povo que sempre destina para si uma festa na aldeia, vila ou cidade.

Por pequena que seja a festa é sempre bem-vinda para as gentes da terra, assim como, para os forasteiros.

– Ó Senhor António compre uma dúzia de cavacas, são fresquinhas ou então leve esta fogaça…

Compram-se as fichas para uma voltinha no carrossel e ainda para um certo esbarramento de amores nos carrinhos de choque.

Por isso

É a festa cá da terra é a festa da vida.

 

 

 

Fotos: Festa em Honra de S. Sebastião, Serzedo, Guimarães

 

 

01jun21 

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.