Menu Fechar

CONTACTO volta a “Dar Teatro” em Ovar e nos palcos da itinerância…

Com o processo de desconfinamento por fases também nas áreas dos espetáculos, a Companhia de Teatro Água Corrente de OvarCONTACTO, que viu a edição do Festovar de 2020 ser sujeita às inevitáveis medidas restritivas e de confinamento, resultando em inevitáveis reajustamentos do programa. Medidas que impediram igualmente a habitual itinerância pelo país, da produção teatral anual desta Companhia, que começou a subir o pano, para “Dar Teatro” em Ovar e voltar aos palcos da itinerância.

As estreias da Contacto na edição de 2020 do Festovar, que organiza, foram as peças, “O Urso” e “Um Pedido de Casamento”, ambas de Anton Tchekhov, com encenação de Manuel Ramos Costa. Produções que durante o mês de maio, começaram a desconfinar com as devidas medidas ainda restritivas, nomeadamente na lotação das salas, mas que permitem ver e respirar teatro, alimentando a relação fraterna e de proximidade entre atores e técnicos produtores de teatro, e um público sedento de arte e cultura, com particular ansiedade nestes tempos que se vivem.

O regresso aos palcos, teve início ainda em abril no dia 30, em que a convite do Grupo de Teatro Renascer, a Contacto levou à cena a comédia “O Urso”. Um espetáculo, que como referiu na sua rede social, Manuel Ramos Costa, presidente da Contacto, representou o regresso da Companhia aos palcos.

Como afirmou ainda o encenador de ambas as peças em itinerância, Manuel Ramos Costa, o espetáculo realizado no último dia do estado de emergência, significou, “um regresso ao palco muito desejado e em segurança”.

Esta mesma peça “O Urso”, no âmbito da itinerância da Contacto, proporcionou “uma noite de teatro, de emoções e de afetos”, como realçou o seu encenador, que a 15 de maio esteve em palco no auditório da Junta de Freguesia de Gulpilhares, assinalando “o regresso do teatro àquele palco e, simultaneamente, os 19 anos de vida do Teagus (…).” Este espetáculo de teatro foi também transmitido em direto através da internet.

Na Casa da Contacto em Ovar, as portas reabriram ao público no dia 22 de maio, para esta Companhia, mesmo com todos os constrangimentos que resultam da Covid-19, o pano voltou a subir para a reposição da peça “Um Pedido de Casamento”, uma comédia que a pandemia também tinha obrigado ao confinamento.

 

Texto e fotos: José Lopes

 

01jun21

 

 

 

 

 

 

 

 

Partilhe:

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.