Menu Fechar

“Espectros”, de Henrik Ibsen, em cena no Teatro Carlos Alberto (TeCA)… até 6 de junho

O amor livre, a doença, a procura da felicidade ou a condição da mulher. Podem soar a temas discutidos na atualidade, mas são também alguns dos assuntos explorados por Henrik Ibsen em Espectros, a peça escrita e publicada em 1881, que Nuno Cardoso, diretor artístico do Teatro Nacional São João (TNSJ), escolheu como a próxima produção própria da Casa. O espetáculo vai ficar em cena até 6 de junho, no Teatro Carlos Alberto (TeCA).

“Que herdamos nós?”, pergunta uma das personagens da peça. O Teatro Carlos Alberto recebe agora o legado de Ibsen pelas mãos de Nuno Cardoso, depois do encenador ter iniciado um percurso programático com uma reflexão sobre a revolução, através de A Morte de Danton, de Georg Büchner, passando pelo regresso à raiz portuguesa, com Castro, de António Ferreira, sem esquecer os esquemas de poder de O Balcão, de Jean Genet.

Em palco, e para expor as “atitudes antiquadas e crenças mortas” das personagens da peça, este espetáculo volta a contar com a interpretação do elenco “quase” residente da Casa. Procurando aportar uma outra dimensão à peça, Espectros integra uma componente de vídeo, da responsabilidade do realizador Luís Porto, que dá ao público a possibilidade de ver, simultaneamente, o dentro e o fora de cena, amplificando o que é visível ou invisível em palco.

O espetáculo pode ser visto no TeCA de quarta-feira a sábado, às 19h00, e domingo, às 16h00. O preço dos bilhetes é de 10 euros.

 

Texto: Central de Informação / Etc e Tal jornal

Foto:TUNA TNSJ

 

01jun21

 

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.