Menu Fechar

“Operação Tampinhas” recolheu 43 toneladas de plástico

A 15.ª edição da Operação Tampinhas, projeto promovido pela LIPOR, permitiu recolher 43 toneladas de tampinhas de plástico, que reverteram na compra de equipamentos médicos para diversas instituições.

O vice-presidente da Câmara do Porto e administrador da LIPOR, Filipe Araújo, entregou, no passado dia 12 de maio, os respetivos equipamentos às instituições beneficiárias no Município do Porto, nomeadamente: o Centro Social de S. Martinho de Aldoar, o Centro Social e Paroquial de Cedofeita e o Banco de Empréstimo de Bens, gerido pela União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos.

A 15.ª edição da Operação Tampinhas decorreu entre janeiro e dezembro de 2019 e recolheu 43 toneladas de plástico, cujo valor total de venda foi de 22.800 euros. Com este montante foram comprados 106 equipamentos a doar a 35 entidades.

O projeto “Operação Tampinhas” tem como objetivo receber tampinhas de plástico, que são recicladas e utilizado o valor de venda na doação de equipamentos médicos, ortopédicos ou similares.

No conjunto das 15 edições (2006 – 2019) já foram recolhidas e tratadas 847 toneladas de tampinhas e distribuídos mais de 1650 equipamentos diferentes a quase 600 instituições, num total de mais de meio milhão de euros. As tampinhas podem ser entregues por particulares, instituições ou empresas nas instalações da LIPOR – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, em Baguim do Monte, Gondomar.

 

Texto: Porto. / Etc e Tal jornal

Fotos: Filipa Brito (Porto.)

 

01jun21

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.