Menu Fechar

Exposição inédita de Alberto Giacometti com Peter Lindbergh patente no Museu da Misericórdia do Porto

A exposição “Alberto Giacometti – Peter Lindbergh. Capturar o Invisível” traz, pela primeira vez, a Portugal fotografias inéditas das obras do artista plástico suíço, Alberto Giacometti, realizadas pelo fotógrafo alemão Peter Lindbergh. Fica patente no Museu da Misericórdia do Porto (MMIPO) até dia 24 de setembro.

O conhecido fotógrafo partiu de uma seleção dos trabalhos de Giacometti, entre bronzes e desenhos, que são apresentados ao lado das suas fotografias.

“Esse confronto dá a oportunidade de mostrar o diálogo muito íntimo que ocorreu entre o fotógrafo e as obras do escultor, ao mesmo tempo que revela inúmeras semelhanças nas suas formas de apreender a representação da realidade, embora que com duas expressões artísticas distintas”, assinala o Museu da Misericórdia do Porto.

A ideia partiu de um convite que a Fundação Giacometti em Paris lançou a Peter Lindbergh, em 2017, sabendo que o fotógrafo, desde jovem, era fascinado pelo trabalho e pela personalidade de Alberto Giacometti.

 

“Com forte ênfase em close-ups e impressões grandes, Lindbergh descobre, através da fotografia, aspetos das esculturas de Giacometti impossíveis de perceber a olho nu. Associando obras de diferentes períodos nas suas composições, o fotógrafo estabelece um diálogo através de períodos e estilos”.

O enquadramento foi partilhado na recente visita guiada em que Rui Moreira participou, a convite do provedor da Santa Casa da Misericórdia do Porto, António Tavares, e em que participaram António Ponte, diretor do Museu Nacional Soares dos Reis, Luís Pedro Martins, presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, entre outras personalidades.

Até agora apenas em exibição no Instituto Giacometti, em Paris, a exposição, que conta com o apoio da Taylor’s, pode ser visitada no MMIPO até ao dia 24 de setembro.

 

Texto: Porto. / Etc e Tal jornal

Fotos: Filipa Brito (Porto.)

 

01jul21

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.