Menu Fechar

“Bienal Internacional de Arte Gaia” recebeu, na edição deste ano, mais de 70 mil visitantes

A edição 2021 da Bienal Internacional de Arte Gaia ultrapassou os 70 mil visitantes, entre 19 de abril e 10 de julho, num ano em que as atividades culturais regressaram à agenda pública, reclamando o seu lugar de destaque junto do público.

A antiga Fábrica de Fiação de Crestuma, em Lever, recebeu milhares de visitantes de vários pontos do país, para visitar as 13 exposições de mais de 500 artistas de 17 nacionalidades.

Com polos distribuídos por Alfândega da Fé, Esposende, Funchal, Gondomar, Monção, Santa Marta de Penaguião, Viana do Castelo e Vila Flor, a realização da Bienal Internacional de Arte Gaia está a cargo dos Artistas de Gaia – Cooperativa Cultural, com a colaboração da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia. A Bienal contou, pela primeira vez nesta edição, com o apoio do Ministério da Cultura através da Direção-Geral das Artes (DGArtes).

“A quarta edição da Bienal Internacional de Arte Gaia 2021 aconteceu num ano desafiante, em que os artistas foram chamados a expressar emoções e reações à pandemia, ao confinamento, ao impacto do Coronavírus na nossa sociedade. Este ano, mais do que nunca, a Bienal de Causas defendeu ainda mais as causas que nos definem enquanto indivíduos e atores sociais. A vida mudou, o mundo parou, mas a arte não deixou de acontecer, de expressar, de reagir. E a prova disso é o apoio da Direção Geral das Artes, pela primeira vez, num ano em que realizámos a maior edição de sempre, com mais espaço de exposição, novos polos em diferentes cidades e abordagens mais ambiciosas”, destacou Agostinho Santos, diretor da Bienal Internacional de Arte Gaia.

 

Texto e foto: CMVNGaia / Etc e Tal jornal

01ago21

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.