Menu Fechar

Álbum “Uno Dos” de Repórter Estrábico em foco na próxima conversa (04set21) da Fonoteca Municipal

A Fonoteca Municipal do Porto (FMP) organizará, no próximo sábado, dia 4 de setembro, uma conversa aberta ao público, tendo como convidados o baixista Anselmo Canha e o guitarrista Paulo Lopes, membros da histórica banda portuense Repórter Estrábico.

Inicialmente prevista para julho, mas adiada devido às condições meteorológicas, a iniciativa intitula-se “Disco pesado: Os Repórter Estrábico nos trinta anos de Uno Dos”, surge a propósito da celebração do 30.º aniversário do lançamento do primeiro álbum da banda, “Uno Dos” (1991), e conta com a moderação de Armando Sousa, responsável pela programação e arquivo da FMP.

Formados em meados da década de 80, no Porto, os Repórter Estrábico construíram uma carreira prolífica, afirmando a sua autodenominada “tecno pop irónica”, através da edição de seis registos – Uno Dos (1991) 1 Bigo (1994), Disco de Prata (1995), Mouse Music (1999), Requiem (2002) e Eurovisão (2004).

Nesta conversa, que terá lugar no jardim da FMP, no dia 4 de setembro, às 17 horas, será feita uma revisita ao álbum “Uno Dos”, através do testemunho dos dois músicos convidados. Limitada à lotação do espaço, o evento tem acesso gratuito, com possibilidade de reserva de lugar (até dois por pessoa) através do email fonoteca@cm-porto.pt.

Até ao fim do ano, estão ainda previstas sessões de escuta ativa conduzidas por diferentes convidados que, partindo de um disco da coleção da Fonoteca, incentivarão a partilha de experiências pessoais e histórias musicais, assim como a disponibilização regular de conteúdos online, tais como resenhas e percursos temáticos de música tradicional portuguesa numa colaboração com Teresa Campos do coletivo musical Sopa de Pedra, artigos sobre design de capas da autoria da investigadora Isabel Duarte, assim como podcasts com base no arquivo sonoro do espaço.

 

Texto e foto: Porto. / Etc e Tal jornal

 

01set21

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.