Menu Fechar

Lançado concurso de ideias para reduzir o desperdício de alimentos. Prazo de entrega de candidaturas termina em janeiro do próximo ano

O Executivo Municipal aprovou por unanimidade na reunião de Câmara, realizada a 06 de setembro último, o lançamento de um concurso de ideias para prevenir o desperdício de alimentos e redução dos resíduos orgânicos. O prazo de candidaturas do “FoodLoop” é até 21 de janeiro de 2022, com submissão online através da página da iniciativa, disponível a partir dessa data.

As ideias apresentadas a concurso devem contribuir para acelerar a transição para uma economia circular no Município do Porto e focar-se nestes temas: “Produção local e ecológica de alimentos que integre o envolvimento social e/ou contribua para a economia circular; Distribuição de alimentos ou sobras alimentares; Alteração dos hábitos de consumo de forma a fomentar práticas circulares; Prevenção, redução, recuperação, reutilização, redistribuição e/ou compostagem de resíduos alimentares e/ou de jardinagem; Aumento do tempo de fim-de-vida dos alimentos; e Regeneração e melhoramento dos ecossistemas industriais e naturais através da recuperação e reaproveitamento de matérias-primas”, pode ler-se no documento sujeito a votação.

Podem candidatar-se pessoas singulares ou coletivas, nacionais ou estrangeiras; instituições de ensino superior e de investigação, alunos ou investigadores; sector empresarial, incluindo empresários em nome individual; associações sem fins lucrativos; Instituições sociais e organizações (ambientais, culturais ou outras); e outras entidades.

O júri do concurso irá selecionar as 20 melhores ideias que vão poder desenvolver o seu projeto com o apoio da equipa do FoodLoop num “bootcamp”, onde os candidatos selecionados serão apoiados na identificação do problema específico, entendimento do impacto, desenvolvimento da solução, estudo de viabilidade e desenho de um projeto-piloto.

A terceira e última fase do concurso decorre durante seis meses (entre 1 de abril a 30 setembro 2022) e compreende uma mentoria para as cinco ideias com maior potencial, novamente selecionadas pelo júri do concurso. Nesta fase, o objetivo passa por identificar fontes de financiamento, parcerias para o desenvolvimento do projeto-piloto e oportunidades de implementação prática.

O concurso encontra-se integrado no projeto CityLoops – Closing the loop for urban material flows, liderado pelo ICLEI – Local Governments for Sustainability. O Município do Porto, juntamente com a LIPOR, a Porto Ambiente e a 2GoOUT Consulting, integram, desde outubro de 2019, esta iniciativa europeia financiada pelo programa Horizonte 2020.

 

Texto e foto: Porto. / Etc e Tal jornal

 

01out21

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.