Menu Fechar

“Refrescadela”

José Gonçalves

(diretor)

 

Chamamo-la de “refrescadela”, e, no fundo, é mesmo uma nova “pintura à casa”, isto quando nos preparamos para, em janeiro próximo, comemorarmos 12 anos de existência.

É verdade! O logotipo do “Etc. e Tal” mudou de cores e recuperou o ponto junto ao Etc, salientando-se, agora, a cor castanha (união do vermelho e amarelo, mas não só por isso) na “bandeira” do jornal.

Se se trata de uma nova etapa na vida do “Etc.”?

Sim, sem que ele perca as suas caraterísticas… as suas mais-valias (independência, rigor, seriedade, justiça, atualidade, e resiliência), e isto depois de, quem vos escreve, ter passado um muito mau bocado na sua vida – devido a questões de saúde, que ainda o apoquentam, ainda que com menor gravidade – e que se refletiram negativamente, e sobremaneira, na qualidade das mais recentes edições do jornal.

Dar um novo alento à equipa é também outros dos motivos que levaram a esta mudança de visual da autoria do nosso colaborador e responsável pelo design do “Etc.”, Pedro N. Silva, se bem que a equipa, ou a maior parte dela, não tenha virado a cara à luta, muito pelo contrário!

Quando alguns supunham que o Etc. e Tal iria terminar a sua publicação, devido ao meu estado de saúde, sabendo-se que a nível editorial, ou seja o trabalho jornalístico (desde o de rua ao da paginação etc.) seja da minha inteira responsabilidade – e ainda, infelizmente, assim vai continuar a ser não sei bem por quanto mais tempo, pois não há pessoal que queira ser jornalista voluntário neste periódico, podendo com isso ganhar projeção na “praça” e inserir-se no mercado de trabalho já com provas dadas no mesmo -, a verdade, é que o nosso trabalho vai continuar, ainda que com os mesmos problemas de sempre, principalmente, no que a apoios diz respeito, destacando-se, neste aspeto os de publicidade..

Esperando que a minha saúde melhore um pouco mais – agradeço, desde já, tudo o que os profissionais do Hospital de Santo António, no Porto, têm feito por mim -, o certo é que não perdi ainda a esperança neste projeto e espero, muito sinceramente, que daqui a um mês, quando comemorarmos o seu 12.º aniversário, possamos ter uma equipa ainda mais “recheada” de valores, o que será certo pelo menos em um ou dois casos.

 

Tudo o que aqui fazemos é a pensar em si.

Obrigado pela sua preferência.

Continue a fazer parte da nossa larga família. Estamos convictos que sim…

 

 

01dez21

 

 

 

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.