Menu Fechar

ESTÁ AÍ O SÃO JOÃO DO PORTO, QUE, DOIS ANOS DEPOIS, REGRESSA (DESCENTRALIZADO) ÀS RUAS DA CIDADE, COM FOGO… “SEM PONTE”, E UM VASTO LEQUE DE POPULARES INICIATIVAS! Conheça o Programa…

E aí está o São João do Porto de 2022, que, após dois anos de atípicos festejos, devido à pandemia, regressa às ruas da Invicta, de forma descentralizada, com o objetivo de trazer “uma sensação de normalidade que já parecia perdida”, como referiu o presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, na apresentação do programa das Festas da Cidade, efetuada na tarde do dia 07 de junho, na Concha Acústica dos jardins do Palácio de Cristal, e que contou ainda com a presença de Catarina Araújo, responsável máxima pela empresa municipal ‘Ágora’.

 

 

José Gonçalves (texto *)  Ursula Zangger (fotos)

 

E, pronto, com o São João deste ano, a Câmara Municipal do Porto, segundo o presidente da mesma, está pronta a ” “manter vivas as tradições da cidade”, acreditando que a importância deste regresso “vai ser respondido pelos portuenses”.

Catarina Araújo

A descentralização dos festejos sanjoaninos – normalmente concentrados na baixa da cidade (leia-se Avenida dos Aliados) –, marcados para a noite de 23 de junho, é a principal novidade do programa, devendo-se esse facto, “às obras que estão a ser efetuadas pela Metro do Porto” no “coração” da Invicta, mais concretamente, na Praça da Liberdade, com a construção da respetiva estação, da Linha Rosa.

“A pressão na Avenida dos Aliados iria ser muito grande, e com as obras do Metropolitano, não existia condições para fazer um grande concerto”, referiu Rui Moreira.

Acaba-se, assim – e devido aos referidos condicionalismos -, com o ponto central dos “Aliados”, passando a existir três palcos em locais distintos do Porto: Praça do Rossio, nos jardins do Palácio de Cristal, Largo do Amor de Perdição (Cordoaria) e Praça da Casa da Música.

Assim sendo, a Praça do Rossio “será a primeira a dar música à cidade, com os Santos Noventeiros ao ritmo de Romana, Saúl e Marante. O baile arranca às 20 horas de dia 23 e prossegue, às 22 horas, para o Largo Amor de Perdição, na zona da Cordoaria, com animação assegurada por Toy e José Malhoa.

Com início às 23h30, e “de encontro aos interesses de um público mais alternativo”, Chico da Tina atua na Praça da Casa da Música.

“Descentralizámos, alguém que descentralize. Vamos descentralizar os palcos e procurar que, em cada um deles, a vida seja diferente. Interpretar a vida na cidade em função do que é o tempo da cidade. Estamos a fazer uma experiência do que pode ser, no futuro, a forma de fruição do Porto”, afirmou Rui Moreira.

TABULEIROS DA PONTE LUIZ I. VEDADOS AO PÚBLICO

 

Outra novidade relativa à noitada de S. João, diz respeito ao fogo de artificio, que ainda podendo ser contemplado da Ribeira, já não terá a ponte Luiz I. como ponto de atração, uma vez que a mesma está encerrada ao público devido às obras que, “finalmente, estão a ser levadas a cabo pela Infraestruturas de Portugal – IP, no tabuleiro inferior da ponte depois de diversos anos adiadas”, como frisou Rui Moreira.

O espetáculo de fogo de artifício, está agendado para as 00h00, e será lançado a partir de estruturas flutuantes no rio Douro. “De vez em quando é bom mudar. Este ano, o fogo vai aparecer a partir do rio”, disse o presidente da CMP.

Elogiando o trabalho do escultor e designer João Machado, na feitura do cartaz alusivo ao S. João 2022, Rui Moreira informou que o orçamento destinado para os festejos deste ano é de “630 mil euros”, e todo o programa está articulado entre a PSP e a Proteção Civil.

Relativamente aos avisos da Direção-Geral da Saúde recentemente divulgados quanto a medidas cautelares anti-pandémicas nos festejos dos santos populares, o Município do Porto apela a que os festejos da mais longa noite do ano sejam vividos com responsabilidade individual devido à pandemia que ainda não terminou e garante que acarretará todas as decisões entretanto tomadas pela Direção-Geral da Saúde.

 ANIMAÇÃO A RODOS…

(Arquivo)

 As sete freguesias do concelho vão participar diretamente nos festejos sanjoaninos, recebendo uma programação especial nos dias 17, 18, 19 e 23, de onde se destacam os nomes de Quim Barreiros, Zé Amaro, Bandalusa ou Diapasão.

No dia 24 de junho, Dia de São João, acontece o concerto da Banda Sinfónica Portuguesa, às 18 horas, na concha acústica dos Jardins do Palácio de Cristal.

Para lá da música, há mais tradição de volta à cidade. No sábado, dia 18, a partir das 15 horas, oito grupos folclóricos participam na Arruada de Ranchos do Porto, que termina na Praça do General Humberto Delgado.

Foto: Porto. (2021)

É também aqui que, a 22 e 23 de junho, vai estar presente a instalação “Flores de Manjerico”, proposta artística do coletivo portuense FAHR 021.3.

O que também não pode faltar na festa é a tradicional Cascata Comunitária de São João, desenvolvida pela Oficina Brâmica em conjunto com os portuenses, e que estará em exibição no Mercado Temporário do Bolhão, entre os dias 21 de junho e 4 de julho.

Rusga do Bonfim (2018) – Arquivo EeTj

O último ponto da programação vira toda a atenção para as Rusgas, as marchas populares do Porto que contam com a participação de várias associações e coletivos da cidade. No dia 02 de julho, o desfile parte às 17 horas da Praça da Batalha e termina na Praça do General Humberto Delgado, onde a rusga vencedora receberá um troféu da autoria da designer Madalena Martins.

DIVERSÃO COM RESPONSABILIDADE E SEGURANÇA

Ponto obrigatório nas festas populares são as zonas de divertimentos. Os tradicionais carrosséis e barraquinhas já se encontram instaladas na Praça de Mouzinho de Albuquerque (Rotunda da Boavista), mas também haverá divertimentos instalados no Jardim do Cálem (em Lordelo do Ouro), na Avenida D. Carlos I (no Passeio Alegre), e na Alameda das Fontainhas

O Município do Porto apela a que os festejos da mais longa noite do ano sejam vividos com responsabilidade individual devido à pandemia que ainda não terminou e garante que acarretará todas as decisões entretanto tomadas pela Direção-Geral da Saúde.

PROGRAMA GERAL

Noite São João – 23 junho

20h00 | Praça do Rossio dos Jardins do Palácio de Cristal
Santos Noventeiros (Romana, Saúl e Marante)

 

22h00 | Largo Amor de Perdição
Toy e José Malhoa

 

23h30 | Praça da Casa da Música
Chico da Tina

 

00h00 | Ribeira do Porto
Fogo de Artifício

 

Dia de S. João – 24 junho

 

18h00 | Concha Acústica do Jardins do Palácio de Cristal
Banda Sinfónica Portuguesa

 

Rusgas – 2 de julho
17h00 | Desfile em várias artérias da Cidade com apresentação final na Praça General Humberto Delgado

 

PROGRAMA POR FREGUESIAS

 

Junta de Freguesia do Bonfim

• Fontainhas:
17/06: NUNO PORTUGAL (22h00 – 1h00)

18/06: DELTA 7 (22h00 – 1h00)
19/06: HORIZA (21h00 – 23h00)
23/06: DUO CONTACTO E ALBATROZ (22h00 – 4h00)

 

Junta de Freguesia de Campanhã

  • Praça da Corujeira:
    17/06: DIAPASÃO (22h00 – 1h00)

    18/06: ALFANORTE (22h00 – 1h00)
    19/06: BANDA R (21h00 – 23h00)
    23/06: ALMA LATINA E FUSIFORME (22h00 – 4h00)

 

Junta de Freguesia de Paranhos

  • Jardim de Arca d´Água:
    17/06: BANDA R (22h00 – 1h00)

    18/06: BANDALUSA (22h00 – 1h00)
    19/06: EXPRESSO 86 (21h00 – 23h00)
    • Rua Sá de Miranda:
    23/06: DUO BATIDA DE COCO E QUADRANTE NORTE (22h00 – 4h00)

 

Junta de Freguesia de Ramalde

  • Jardim Sarah Afonso:
    17/06: HORIZA (22h00 – 1h00)

    18/06: EXPRESSO 86 (22h00 – 1h00)
    19/06: DELTA 7 (21h00 – 23h00)
    23/06: MARCUS LEVY E NOVO SÉCULO (22h00 – 4h00)

 

União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos

  • Rua do Ouro – Parque de Estacionamento:
    17/06: MUSIKANTRIO (22h00 – 1h00)
    18/06: BAILA 5 (22h00 – 1h00)
    19/06: QUIM BARREIROS (18h00 – 20h00).
    23/06: KID FLASH E ALFA NORTE (22h00 – 4h00)
  • Cais das Pedras:
    17/06: DNA (22h00 – 1h00)

    18/06: OSIV (22h00 – 1h00)
    19/06: ALBATROZ (21:00 – 23:00)
    23/06: MUSIKANTRIO E BANDA R (22h00 – 4h00)

 

União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde

  • Esplanada do Castelo/Avenida D. Carlos I
    17/06: FUSIFORME (22h00 – 1h00)

    18/06: IVASOM (22h00 – 1h00)
    19/06: ZÉ AMARO (18h00 – 20h00)
  • Largo da Igreja de Nevogilde:
    23/06: DUO INSEPARÁVEIS E OSIV (22h00 – 24h00)

 

União de Freguesias do Centro Histórico

• Largo da Praia (Miragaia):
17/06: ALFANORTE (22h00 – 01h00)

18/06: NOVO SÉCULO (22h00 – 01h00)
19/06: MUSIKANTRIO (21h00 – 23h00)
23/06: DUO IMPAKTO E DELTA 7 (22h00 – 4h00)

 

 

(*) Com “Porto.”

 

07jun22

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.