Menu Fechar

Olimpíada Internacional de Física: medalha de Bronze e quatro Menções Honrosas para a equipa portuguesa

Excelente prestação da equipa portuguesa na Olimpíada Internacional de Física, que arrecadou uma medalha de bronze e quatro menções honrosas.

A medalha de bronze foi conquistada por Jorge Costa, do Colégio de Santa Doroteia, em Lisboa, e as quatro menções honrosas foram obtidas por Afonso Bandeira, da Escola Secundária da Lousã; Benedita Machado, do Colégio Luso-Francês, no Porto; Jinghao Ye, da Escola Secundária Júlio Dantas, em Lagos; e José Silva, da Escola Secundária Alberto Sampaio, em Braga.

A Olimpíada Internacional de Física, que decorreu entre 10 e 18 de julho, foi organizada de forma online, e em tempo record, pela Suíça. Inicialmente, estava programada uma olimpíada presencial para a Bielorrússia, mas, devido à situação de guerra, foi cancelada.

Deste modo, no início de abril, a Suíça, juntamente com uma equipa internacional de corretores e elaboradores de problemas, assumiu a organização da olimpíada numa versão online.

A delegação portuguesa reuniu-se para realizar esta prova no Departamento de Física da Universidade de Coimbra. “O nível de conhecimentos requeridos para realizar estas provas vai muito para além do programa do secundário de Física, envolvendo por parte dos estudantes imenso esforço e dedicação durante a fase de preparação”, explica Rui Travasso, docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) envolvido na preparação dos alunos.

A Olimpíada Internacional de Física envolveu a participação de 370 participantes de 76 países. Os estudantes tiveram de analisar os resultados de simulações computacionais de quedas de graves e do comportamento de elementos eletrónicos não lineares. Responderam ainda a várias perguntas teóricas, incluindo sobre a interação magnética entre ímanes, e sobre o transporte de calor no novo telescópio espacial James Webb.

O resultado dos estudantes portugueses “é muitíssimo impressionante e enche-nos de orgulho. A prova foi a mais complexa de sempre, com as notas mais baixas a nível global, e a nossa equipa ficou completamente premiada”, sublinha Rui Travasso.

As Olimpíadas de Física são uma atividade promovida pela Sociedade Portuguesa de Física e com o patrocínio do Ministério da Educação, da Agência Ciência Viva, da Fundação Calouste Gulbenkian e da Universidade de Coimbra.

 

Texto: Cristina Pinto (Assessora de Imprensa 

Universidade de Coimbra• Faculdade de Ciências e Tecnologia) / Etc. e Tal

 

Foto: U Coimbra

 

22jul22

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.