Menu Fechar

‘Oriente nas Virtudes’, na Cooperativa Árvore, até 27 de agosto

Está a decorrer na Cooperativa Árvore, no Porto, até 27 de agosto,  a segunda edição do ‘Oriente nas Virtudes 2022’. Esta iniciativa que conta mais uma vez com a colaboração estreita entre a Cooperativa Árvore e a Fundação Oriente – Museu.

Do programa fazem parte um conjunto de atividades das quais se destaca: exposições, workshops,  música, dança, experiências únicas, sobre temas e conteúdos da cultura oriental.

De sublinhar a Exposição ‘A Vez das Deusas’ – Cartazes da Índia: esta exposição reflete sobre a representação do género feminino nestes objetos, procurando explorar a sua intersecção com questões sociais contemporâneas.

A apresentação pública na Cooperativa Árvore faz parte do núcleo de cartazes da Índia da Fundação Oriente, e contribuem para o conhecimento e divulgação da história visual popular deste país.

Um dos outros destaques é também a Exposição de fotografia de Ana Abrão, ‘Outros Mundos’, que apresenta retratos de minorias étnicas da Ásia. Ana Abrão viaja pelo mundo captando a diversidade das pessoas e a beleza humana.

A presente exposição de fotografias surge em consequência do lançamento do livro ‘Outros Mundos’ e ambos resultam de uma imersão na cultura asiática durante um ano, um mês e uma semana em que a fotógrafa Ana Abrão deixou Portugal sem roteiro definido e sem data de retorno.

O livro ‘Outros Mundos’ de Ana Abrão foi destacado como livro de fotografia do ano pela Federation of European Photographers (Bruxelas) e como segundo melhor livro pela prestigiada One Eyeland (Los Angeles). Além destes destaques, recebeu também uma Menção Honrosa pela Internacional Photography Awards (IPA).

A segunda edição do ‘Oriente nas Virtudes’ vai contar também com vários workshops relacionados com a cultura oriental: Oficina de Kokedamas (uma técnica Japonesa onde se trabalham as plantas envolvendo o seu torrão/ raízes em musgo), de Taças Tibetanas, Workshop de Rangoli, que consiste numa das práticas mais populares da Índia, normalmente é uma espécie de tapete colocado à entrada da casa, para dar as boas-vindas e atrair a atenção dos Deuses para aquela morada e assim a boa sorte, entre outras atividades.

 

Texto: Daniela Pinto (Cooperativa Árvore) / Etc. e Tal

Imagem: Cooperativa Árvore

 

 

02ago22

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.