Menu Fechar

STCP lança concurso para aquisição de 48 autocarros elétricos no valor de 20 milhões

A Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) lançou um concurso público internacional, no valor de 20 milhões de euros, para aquisição de 48 autocarros elétricos e fornecimento de equipamentos de carregamento.

De acordo com o anúncio do ‘Diário da República’ publicado nesta segunda-feira (26set22), a STCP pretende adquirir 48 autocarros standard, com cerca de 12 metros de comprimento, de propulsão elétrica autónoma de cerca de 320 km, para transporte urbano de passageiros (categoria M3 classe I).

A segunda componente do concurso visa a instalação de uma estação de carregamento elétrica, constituída por 24 carregadores duplos, que deverá ficar localizada na Estação de Recolha da Via Norte. A empresa estima que a introdução na frota destes novos veículos ocorra no último quadrimestre de 2023.

O valor base do procedimento é superior a 20 milhões de euros, sendo o prazo de execução do contrato de três meses. Os interessados têm, a partir da data da publicação do anúncio, 38 dias para enviar propostas.

Com a aquisição destes novos autocarros elétricos, crescem para 68 os veículos 100% livre de emissões, permitindo à empresa substituir 24 viaturas standard em fim de vida e reforçar a frota com mais 24 novas viaturas energeticamente limpas.

 Cristina Pimentel, presidente do Conselho de Administração da STCP, refere, em comunicado, que “estas duas medidas irão contribuir para a sustentabilidade das nossas contas e para uma maior resiliência nos contextos mais adversos que se vivem atualmente. Graças ao apoio dos nossos seis acionistas e ao PRR, que suportam este investimento, a STCP tem a oportunidade de avançar, a modo rápido, em direção à descarbonização da operação e de desagravar, assim, as alterações climáticas”.

ASTCP transportou 51 milhões de passageiros em 2021, um aumento de 3,6% face aos 49,2 milhões transportados em 2020.

O capital e participações sociais da STCP foram transferidos, em 2021, do Estado para os municípios do Porto (53,69%), Vila Nova de Gaia (12,04%), Matosinhos (11,98%), Maia (9,61%), Gondomar (7,28%) e Valongo (5,4%).

 

Texto: Porto. / Etc. e Tal

Foto: Miguel Nogueira (Porto.)

 

27set22

 

Partilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.